Share Button

A polícia de Wisconsin, EUA, levou um susto nesta manhã (16) quando foram investigar o caso de uma suposta bomba disfarçada como Game Boy, na posse de um menino de 11 anos dentro de um ônibus escolar.

O portátil mostrava fios e baterias, o que parecia ser um aparato explosivo. O garoto quis “causar” e disse que tinha em mãos uma bomba. Ao chegar na escola, o ônibus foi esvaziado, ficando dentro apenas o garoto e a suposta bomba. O colégio também foi evacuado, como medida de precaução. Após umas duas horas de “terrorismo” e “negociações”, a polícia prendeu o pirralho bostinha, e confirmou que a bomba era falsa.

O garoto está em custódia e a “bomba” foi destruída.

Já não é a primeira vez que fazem uma bomba-Game-Boy-falsa, em maio do ano passado aconteceu um caso parecido, que deve ter inspirado esse outro fedelho trouxa.