Share Button

Mais detalhes a respeito de God of War para PS4 foram revelados pelo diretor Cory Balrog, em entrevista concedida para o canal de YouTube, The Know.

Balrog confirmou novamente que na história Kratos irá ser o mentor de seu filho em penitência por seus pecados e precisará cuidar dele, pois como pai ele tem medo que seu status de semi-deus possa corromper o garoto. O filho de Kratos está ciente da linhagem de seu pai, mas não sabe nada a respeito de seu passado, ou seja, haverá momentos mais pessoais entre ambos ao longo da aventura.

Foi dito também que a esposa de Kratos terá um papel crucial dentro da história. Maiores detalhes sobre isso não foram informadas. Balrog disse que o jogo está sendo desenvolvido pela equipe responsável pelo God of War original, e falou que Kratos e seu filho irão visitar alguns dos nove reinos contidos dentro da mitologia nórdica. Não haverá um sistema de moralidade e nem mesmo ramificações na história. (ainda bem)

Balrog sugeriu que veremos o martelo de Thor em God of War, que seria possivelmente a arma final de Kratos, da mesma forma que ocorreu com a Blade of Olympus no passado. De acordo com o site Gamingbolt, haverá batalhas com até 100 inimigos na tela e lutas ainda maiores com chefes em relação aos jogos anteriores.

O engenheiro chefe da jogabilidade, Jeet Shroff, disse que os controles do novo game usarão mais os gatilhos do que os botões da face do gamepad, diferentemente daquilo que estava sendo aplicado na série até então. Na semana passada, foi informado que o filho de Kratos poderá ajudá-lo nas lutas.

God of War ainda não possui data de lançamento.