GamesNotícias

Hackers invadiram servidores da Electronic Arts e alegam terem roubado 780GB de dados

Na noite de quinta-feira (10), foi informado pelo site Vice que a Electronic Arts sofreu uma invasão em seus servidores, resultando no roubo de dados de seus jogos. Os hackers alegam que roubaram 780GB de dados, os quais já estão sendo comercializados por eles em fóruns na internet.

De acordo com a página, os dados incluem o código-fonte de FIFA 21, assim como códigos envolvendo o servidor de matchmaking do jogo. Os hackers também alegam, segundo o site, terem obtido o código-fonte e ferramentas do motor gráfico Frostbite, utilizado em vários jogos da EA, incluindo Battlefield. Outras informações roubadas incluem frameworks e kits de desenvolvimento de software da EA, que servem para facilitar o desenvolvimento dos jogos.

A EA confirmou à Vice que sofreu um violação de dados e que a informação listada pelos hackers são os dados que eles roubaram.

“Estamos investigando um incidente recente de intrusão em nossa rede onde uma quantidade limitada de código-fonte de jogos e ferramentas relacionadas foram roubadas,” disse um porta-voz da EA. “Nenhum dado de jogador foi acessado, e não temos razão para acreditar que haja algum risco para a privacidade do jogador. Após o incidente, fizemos melhorias de segurança e não esperamos que haja um impacto em nossos jogos ou nosso negócio. Estamos trabalhando ativamente com as autoridades e outros especialistas como parte dessa investigação criminal em andamento.”

Artigos relacionados