Share Button

Kevin Feige, o presidente da Marvel Studios e o chefão que “controla” o Universo Cinematográfico da editora, comentou em recente entrevista para o site Collider mais informações sobre o filme solo do Homem-Aranha, e como será a participação da Marvel nele, que agora divide os direitos do personagem com a ex-rival, Sony Pictures.

Segundo o executivo, os dois estúdios estão trabalhando muito próximos em sua parceria, com a Marvel lidando com o lado criativo da coisa, enquanto a Sony lida com a produção.

Estamos trabalhando muito juntos nisso. É como se fosse a produção da Sony Pictures de um filme do Marvel Studios. O acordo é que realmente será um filme da Sony. Amy Pascal está co-produzindo com a gente e Tom Rothman [presidente da Sony] está supervisionando para a Sony, enquanto somos os produtores criativos. Somos nós que contratamos o ator, já estamos no roteiro, e logo estaremos filmando o longa do Homem-Aranha“.

Além disso, ele também voltou a falar que o longa não contará a história de origem do super-herói, já que “é possível assumir que todo mundo sabe como o Homem-Aranha se tornou o Homem-Aranha e toda a sua história de fundo. Já vimos isso várias vezes agora, é uma mitologia bem conhecida. Então decidimos apenas revelar a existência de um Homem-Aranha no universo cinematográfico da Marvel e vamos conhecê-lo na Guerra Civil“.

Quanto ao filme solo, ele comento que “aconteceram eventos que fizeram Peter Parker ser quem ele é, e certamente faremos alusão a esses eventos, mas estamos mais focados no futuro do personagem e em como ele continuará crescendo depois de sua aventura em Guerra Civil e também aprendendo como ser seu próprio herói“.

Em outra entrevista recente, Feige também confirmou que outros super-heróis do universo marvel marcarão presença em seu filme solo, mas não revelou quais – boatos dizem que Capitão América e Homem de Ferro são fortes candidatos.

O filme solo do Aranha está previso para julho de 2017, estreando Tom Holland como Peter Parker/Aranha, Marisa Tomei como Tia May e a cantora Zandaya como uma personagem chamada Michelle, talvez um interesse amoroso para o herói. Jon Watts dirige, e o roteiro ficou por conta de John Francis Daley e Jonathan M. Goldstein (Quero Matar Meu Chefe).

Antes disso, o personagem faz sua estreia no Universo Cinematográfico da Marvel em “Capitão América 3: Guerra Civil“, que chega aos cinemas em 28 de abril.