Share Button

De acordo com informações do jornal Anchorage Daily News, após uma confusão generalizada em um apartamento, um homem de 22 anos atacou seu colega de quarto com uma espada – mas não uma espada qualquer, e sim uma réplica da Master Sword (imagem acima) da série “The Legend of Zelda”.

O caso aconteceu na cidade de Anchorage, Alasca, quando a polícia local foi chamada para intervir em uma briga com várias pessoas na madrugada da última sexta-feira.

Quando chegaram no local, os policiais encontraram no apartamento uma televisão quebrada, um guardanapo cheio de sangue, uma faca sobre a mesa e uma “espada dobrada” no chão.

No local também foi encontrado uma pessoa no chão, identificada apenas como “T.P.”, com um ferimento de faca, desferido pelo suspeito Jeremy Tazruk.

De acordo com Tazruk e testemunhas, T.P. começou a empurrar uma colega de quarto e a jogou contra o apoio de braço de uma cadeira. Outro colega que estava presente tentou empurrar T.P., que golpeou aquela pessoa. Quando Tazruk e sua noiva, que estava segurando seu bebê, entraram no rolo, T.P. também bateu nos dois.

A noiva de Tazruk pediu para alguém ligar para a polícia e foi nesse momento que Tazruk pegou uma espada réplica de “The Legend of Zelda” que estava na parede “e tentou usar sua bainha para bater em T.P.“.

T.P. tentou investir contra o “espadachim”, mas foi atingido várias vezes pela espada de Link. “As bordas da espada não eram afiadas, mas a ponta sim“, diz a descrição da polícia sobre a réplica.

A luta então progrediu entre T.P. e outros dois companheiros de quarto. Vendo que a Master Sword não estava surtindo efeito contra o oponente (já teria sido ela dobrada ou estava sem poder?), Tazruk pegou uma faca de cozinha e quando o briguento veio contra ele novamente, o rapaz o atingiu com a faca pelo menos duas vezes.

T.P. foi levado para o centro médico para tratamento das apunhaladas no lado esquerdo de suas costelas.

Já Tazruk foi preso e acusado de ataque em quarto grau e perigo imprudente, ambos considerados delitos menores no Alasca. De acordo com registros judiciais, Tazruk não possui condenações criminais anteriores.

O motivo da briga não foi revelado pela reportagem.

E em algum lugar Ganondorf está rindo, sabendo que essa Master Sword em particular foi “dobrada”, como diz o relatório policial, e não será mais capaz de detê-lo!