Share Button

Nas últimas semanas andei jogando o Shadow of The Tomb Raider, novo game da famosa franquia da Square-Enix trazendo a Lara Croft, avançando em torno de 30% da progressão até o momento. O jogo dividiu opiniões: alguns elogiaram bastante e outros não curtiram, onde prefeririam ter mais tiroteio, e outros preferem um jogo com mais exploração. Independente disso, o game trouxe um dos visuais mais impressionantes que eu já vi no PC e o jogo é lindo!

O meu setup atual:

GPU: GeForce GTX 1080
CPU: Intel(R) Core(TM) i7-4770K CPU @ 3.50GHz
Memória: 8 GB RAM (7.91 GB RAM utilizável)
Resolução atual: 1920 x 1080, 60Hz

Com a GeForce GTX 1080 eu consigo jogar no Ultra e com as configurações máximas, e os cenários são um deleite visual impressionante, com a parte dos lagos e rios, a selva cheia de detalhes e vegetação, e tudo rodando sempre acima de 60 FPS em resolução FullHD.

Confira abaixo alguns vídeos e algumas imagens do jogo rodando na GeForce GTX 1080:

Lives, usando o Shadowplay:

Imagens do jogo rodando na GTX 1080:

Shadow of The Tomb Raider - Jogo rodando na Geforce GTX 1080 - 01

Shadow of The Tomb Raider - Jogo rodando na Geforce GTX 1080 - 02

Shadow of The Tomb Raider - Jogo rodando na Geforce GTX 1080 - 03

Shadow of The Tomb Raider - Jogo rodando na Geforce GTX 1080 - 04

Shadow of The Tomb Raider - Jogo rodando na Geforce GTX 1080 - 05

Shadow of The Tomb Raider - Jogo rodando na Geforce GTX 1080 - 06

A iluminação do jogo é incrível!

Outros detalhes também impressionam, como a parte dela ficar suja de lama em determinados momentos, quando é necessária uma abordagem mais furtiva. Ou mesmo a parte do suor da Lara em alguns momentos e da irritação da pele, deixando o jogo muito realista. Em questões técnicas o jogo impressiona demais!

O game será um dos primeiros que terá suporte ao Ray Tracing em tempo real, nova tecnologia da NVIDIA que estará nas novíssimas GeForce RTX, que foram lançadas nos últimos dias. Com a nova arquitetura Turing das novas placas será possível rodar os jogos mais recentes em resolução 4K com 60 FPS, além da parte de iluminação, que estará muito mais realista.

Até o momento eu ando curtindo o jogo e ele tem diversos momentos que remetem um pouco aos anteriores, principalmente da parte de exploração. A única parte que considerei confusa foi na árvore de habilidades, que não faz tanta diferença por boa parte da aventura, já que dependendo de como está a dificuldade do jogo e os equipamentos, as armas que ela consegue dão conta do recado.

Shadow of The Tomb Raider está disponível para PC, PS4 e Xbox One. Você confere a nossa análise aqui!