Share Button

Um jogador de “World of Warcraft” foi recentemente condenado a um ano de prisão após o lançamento de um ataque cibernético que interferiu nos servidores da Blizzard Entertainment.

O romeno Calin Mateias, de 38 anos, foi responsável por um ataque DDoS (Ataque de Negação de Serviço) que afetou os servidores da Blizzard em 2010 e resultou em milhares de jogadores sendo expulsos do jogo multiplayer.

De acordo com o comunicado do Departamento de Justiça que detalhou os motivos da ação, Mateias tinha problemas com outros jogadores rivais e não com a própria Blizzard.

Mateias, usando seu avatar no jogo, frequentemente participava de eventos colaborativos, como ‘raids’, em que os jogadores uniam forças para atingir os objetivos do jogo e eram recompensados ​​com ganhos virtuais ou vantagens no jogo”, diz o comunicado do Departamento de Justiça. “Mateias se envolveu em disputas com outros jogadores por várias razões, incluindo a divisão de saque e participação em equipes de ataque“.

Entre fevereiro e setembro de 2010, tipicamente em disputas dentro do jogo com outros jogadores, Mateias lançou ataques DDoS em servidores de World of Warcraft na Europa. Um ataque DDoS é um ataque a uma rede de computadores em que vários computadores são usados ​​para transmitir uma enxurrada de solicitações supérfluas à rede de destino, sobrecarregando-a e tornando-a indisponível para outros usuários. Os ataques DDoS de Mateias fizeram com que os servidores do World of Warcraft falhassem e impediram que alguns clientes pagantes acessassem o jogo“.

Mateias foi indiciado em 2011, no ano seguinte ao lançamento do ataque, e foi extraditado da Romênia no ano passado. Ele está sob custódia nos Estados Unidos desde 20 de novembro e se declarou culpado em fevereiro da acusação de danos intencionais em um computador protegido.

Além de passar um ano na prisão pelas acusações imputadas a ele pela Blizzard, Mateias também teve que pagar uma indenização em prejuízo da Blizzard pelos esforços exigidos pela empresa para repelir seus ataques. Mateias foi condenado a pagar uma multa de US$ 29.987, juntamente com o ano sendo passado na prisão.