Share Button

O ninja ciborgue Gray Fox: para Hideo Kojima, criador da série “Metal Gear”, ele deveria ser o protagonista de “Metal Gear Rising: Revengeance”.

Foi a minha equipe na Kojima Productions que insistiu em Raiden e respeitei. Se tivéssemos levado essa ideia adiante [de Gray Fox como protagonista] eu teria que escrever o roteiro e realmente me comprometer com a criação do jogo“, explicou Kojima ao site IGN.

O criador da série “Metal Gear” também disse que, no fim das contas, passar a responsabilidade de desenvolver o jogo para uma nova geração de desenvolvedores era mais importante que ter Gray Fox como protagonista.

Vale lembrar, a vontade de Kojima foi parcialmente ouvida já que o game terá uma vestimenta baseada no personagem em um dos pacotes especiais oferecidos para os jogadores.

A suave arte de fatiar

Fugindo do estilo furtivo da franquia, em “Metal Gear Rising: Revengeance” os jogadores têm a possibilidade de atacar qualquer coisa com uma espada, seguindo a filosofia “zandatsu”, que em japonês significa cortar (zan) e pegar (datsu).

Com sua poderosa lâmina empunhada, Raiden fatia adversários e pedaços dos cenários. Essa liberdade permite que o protagonista derrube sacadas, por exemplo, ao cortar todas as pilastras em um rápido golpe.

O sistema de cortes tem auxílio de uma espécie de retícula na tela que indica a direção em que o golpe é feito. O local e a forma como Raiden corta inimigos e objetos têm total importância na mecânica de jogo, pois ao fazer isso corretamente o ninja ganha recompensas, como absorver a energia de robôs inimigos e adquirir novas habilidades.

“Metal Gear Rising: Revengeance” chegará em 19 de fevereiro de 2013 para PS3 e Xbox 360, e em 28 de fevereiro no Brasil. O PC poderá receber o game posteriormente.