Share Button

Desenvolvido originalmente em 2011 pela Team Bondi e publicado pela Rockstar, L.A. Noire foi um título que marcou a sétima geração pela sua temática noire e investigações policiais. O título também se destacou pela MotionScan, uma nova tecnologia que reproduzia rostos com maior fidelidade. Hoje o game está de volta para PS4, Switch e Xbox One trazendo todo o conteúdo extra da versão original. Confira nossa análise.

No game você assume o papel de Cole Phelps, um veterano da Segunda Guerra, que após voltar para casa começa a trabalhar como policial da patrulha e posteriormente como detetive em Los Angeles. Seu objetivo é atender as ocorrências e começar as investigações para desvendar o que realmente aconteceu ali. Como é de se esperar, entre uma missão e outra Phelps também lidará com as questões “off the record”, que são as ilegalidades e corrupções que acontecem nas ruas.

Para desvendar os casos é necessário investigar os cenários e também interrogar pessoas. As investigações consistem em andar pelo cenário em busca de pistas, como em um game point and click. Já os interrogatórios são o grande atrativo do game, onde você precisa analisar as expressões faciais do interrogado, entender o que aquela expressão quer dizer e fazer a próxima pergunta, com o objetivo de estar um passo a frente e obter as respostas que deseja.

Os diálogos podem ser curtos ou longos, isso depende do seu desempenho investigativo. A grande mudança está nos termos utilizados nos interrogatórios. Na versão original usava-se os adjetivos “truth, lie ou flat”. Agora, para deixar o texto mais coeso os termos utilizados são “goog cop, bad cop e accuse”.

Os gráficos passaram por atualizações e agora o game está mais bonitos. Quanto a performance não há grandes diferenças e manteve a mesma qualidade de otimização das versões de PS3 e Xbox 360. A jogabilidade continua agradável, seja controlando o personagem ou dirigindo, não há do que reclamar. A trilha sonora ainda é marcante, com canções que embalam muito bem a temática do fim da década de 40.

L.A. Noire se destaca pela sua trama e proposta investigativa numa perspectiva que ainda não tinha acontecido nos consoles. Cada um dos casos é único e a experiência de um não serve para desvendar o próximo, por isso, o jogador é estimulado a pensar do início ao fim. Os momentos de ação são raros, os que os tornam memoráveis, com cenas épicas e muita diversão para o jogador.

A remasterizarão menos de uma década após o lançamento original pode parecer estranha para alguns, mas de fato o título veio em uma boa hora. Como não há concorrentes diretos no mercado, L.A. Noire continua com um brilho intocado, e vê-lo na nova geração é satisfatório, pois dá oportunidade aos mais jovens de conhece-lo e também a aqueles que não tiveram a chance de jogá-lo na época.

L.A. Noire é indicado a todos os amantes de análise do comportamento, seriados investigativos, e games como Ace Attorney, por exemplo. Situado em mundo aberto, o jogo é um tour cultural na L.A. dos anos 40 reunindo os melhores elementos da época para recriar uma cidade fiel e repleta de segredos.