Share Button
Team oNe anuncia o desligamento de 4LaN após denúncias de assédio (Foto: Bruno Alvares/Riot Games)

O Team oNe anunciou nesta segunda-feira (14) o desligamento do selva Alanderson “4LaN“, acusado de assediar duas garotas durante uma festa que aconteceu na madrugada de domingo para segunda, na casa da influenciadora Giuliana “Caju” e do seu noivo, o atirador do Flamengo, Felipe “brTT“.

Segundo relatos, que mais cedo foram reportados pelo e-SporTV, 4LaN assediou as duas das amigas de Caju que estavam no local.Ao ficar sabendo do acontecido, a protagonista do programa Shot da Caju foi atrás do jogador para saber o que aconteceu.

Logo em seguida, brTT expulsou o mesmo da sua casa. A primeira menção do acontecido foi feita por Rafael “Rakin” em seus redes sociais. Através de um tuíte, ele escreveu que presenciou uma cena onde uma pessoa influente do cenário assediou mulheres próximas a ele. Rakin afirmou que, ao presenciar o ocorrido, ele logo foi em direção ao acusado para tirar satisfações.

Em nenhum trecho da publicação foi citado o nome do 4LaN, entretanto, a comunidade não hesitou em culpar o jogador devido às denúncias que já haviam sido feitas no passado. Alanderson tinha contrato com a organização até 2021 e ainda não veio a público para se pronunciar com relação ao ocorrido. A única coisa publicada pelo jogador foi um tuíte, no qual ele diz “To em choque mano”. A publicação foi feita no momento em que estava acontecendo a festa e logo foi deletada pelo jogador.

Ainda segundo o e-SporTV, nenhum boletim de ocorrências foi registrado até o momento. A reportagem do site também levanta que o jogador solicitou as imagens das câmeras que estavam no local e deve envolver um advogado para trabalhar junto no seu caso.