Share Button

O quadrinista Len Wein, famoso pela cocriação do mutante Wolverine dos X-Men, faleceu neste último doming (10) aos 69 anos. Ele sofria com problemas de saúde, mas a causa da morte não foi divulgada.

Wein teve uma ilustre carreira como roteirista e editor tanto na Marvel quanto na DC Comics, e além de Wolverine também ajudou na criação do Monstro do Pântano e trabalhou com Alan Moore e Dave Gibbons como editor na aclamada obra Watchmen.

Ele começou a carreira em 1968 na DC Comics com Teen Titans #18. Dez anos depois se mudou para a Marvel com o trabalho de estreia com Demolidor #71. Wein e o artista Bernie Wrightson criaram o personagem de horror Monstro do Pântano na revista The House of Secrets #92, em julho de 1971.

Em 1975, ele e o artista Dave Cockrum reformularam a equipe de super-heróis mutantes X-Men com os personagens Noturno, Tempestade, Colossus, Pássaro Trovejante e o próprio Wolverine, que havia sido criado antes, com o artista John Romita e Herb Trimpe, como vilão do Hulk (Incredible Hulk #180/1974).

Wein roteirizou as duas aventuras seguintes dos X-Men e a partir do terceiro número, as aventuras passaram para Chris Claremont, que tornou o grupo um dos campeões de vendas da editora.

O ator Hugh Jackman, conhecido por dar vida ao personagem Wolverine nos cinemas, lamentou a morte do autor. “Abençoado por ter conhecido Len Wein. Meu primeiro encontro com ele foi em 2008. Deste coração, mente e mãos veio o maior personagem em quadrinhos”.

Abaixo imagem da capa da primeira aparição completa do Wolverine nos quadrinhos: