Share Button

Um dos responsáveis pela popular série de jogos de tiro “Call of Duty: Modern Warfare”, Robert Bowling deixou o seu cargo de estrategista criativo e líder do estúdio Infinity Ward. O próprio Bowling divulgou a notícia através do seu Twitter.

“Hoje [a mensagem foi publicada na última segunda-feira (26)], estou deixando o meu cargo de estrategista criativo de ‘Call of Duty’, de líder da Infinity Ward e de funcionário da Activision”, escreveu Bowling no microblog, onde é conhecido como “FourZeroTwo”.

Pouco após o anúncio, a Activision fez um pronunciamento agradecendo Bowling pelos anos de serviço prestados à empresa e desejando sucesso em suas futuras oportunidades.

O último trabalho de Robert Bowling na Infinity Ward foi “Call of Duty: Modern Warfare 3”, e até a publicação desta notícia ele ainda não havia anunciado qual será a sua nova “casa”.

Bowling não é a primeira ‘baixa’ na Infinity Ward. Após o lançamento de “Call of Duty: Modern Warfare 2”, os 2 membros fundadores do estúdio, Jason West e Vince Zampella, deixaram o estúdio por um desentendimento com a Activision. A dupla fundou uma nova produtora, a Respawn Entertainment, onde desenvolvem um jogo de tiro futurista, ainda não revelado.

Terceira Guerra Mundial

Desenvolvido para PlayStation 3, Xbox 360, PC, Wii e Nintendo DS, “Call of Duty: Modern Warfare 3” dá continuidade aos confrontos modernos da série “Call of Duty”, expandindo as batalhas para países como Inglaterra e Estados Unidos.

O game, lançado em novembro de 2011, foi o maior lançamento da história do entretenimento, superando os números de sucessos do cinema, música e literatura.