Share Button

*Atenção para spoilers adiante

Logan” é um filme bem melancólico e pesado, que provavelmente quebrou o coração de muitos fãs por aí ao apresentar a morte de Wolverine em seus últimos minutos.

Muitos já reimaginaram um final diferente, e inclusive Hugh Jakcman, astro do filme, revelou que originalmente queria que a aventura de Logan terminasse de uma maneira muito diferente.

Em recente entrevista para o Yahoo, o ator australiano admitiu que o clássico “Os Imperdoáveis“, de Clint Eastwood, foi uma grande fonte de inspiração para seu trabalho em Logan.

O faroeste apresenta o personagem de Eastwood como um pistoleiro fora-da-lei aposentado, que deve revisitar seu passado sangrento e viver com as consequências de seus atos. Porém, em “Os Imperdoáveis” o protagonista não morre e até consegue uma redenção. Jackman queria seguir pelo o mesmo caminho.

Sempre flutuou que Logan possivelmente morreria“, lembrou Jackman. “Eu disse: ‘Sejamos abertos, porque pode ser mais poderoso [para o filme] se ele não morrer.‘”

No entanto, parece que o diretor James Mangold conseguiu convencer o ator de que Wolverine precisava de um fim mais permanente e dramático.

James estava decidido por esse final, e ele estava certo“, Jackman continuou. “O que é mais penetrante para alguém que pensa ser indestrutível é ele morrendo ao dizer: ‘É assim que se sente [a morte]‘”.

Logan” está em cartaz nos cinemas brasileiros e já arrecadou até o momento mais de US$ 440 milhões na bilheteria mundial – confira a nossa crítica.