Share Button
Flamengo e brTT vencem disputa judicial contra o time da RED Canids (Foto: Reprodução)

Após entrar com ação contra o Flamengo e o atirador Felipe “brTT” após um caso de transferência mal resolvida em 2017, a RED Canids acabou perdendo em primeira instância a disputa judicial. A sentença foi cravada por Sang Duk Kim, juiz da 7ª vara do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ-SP). Por ter sido emitida em primeira instância, a decisão pode ser recorrida pela matilha.

Em sua decisão, o juiz apontou a falta de transparência da RED em não comunicar ao Flamengo que o contrato de brTT chegaria ao fim quinze dias após a desfecho do período de negociação entre os times. Em cima disso, ele absorveu o rubro-negro e o jogador de pagarem o valor de 50 mil reais, preço oferecido pelo atirador na época. Também foi citado pelo juiz a falta de um contrato assinado que comprove a negociação entre as duas organizações.

“Decerto que, como o contrato anterior findaria em 20/11/2017, as empresas contratantes não teriam interesse em assinar qualquer ajuste para transferência do atleta no dia 13/11/2017”, declarou o juiz na sentença omitida.

Entenda o caso

Em 2017, quando o Flamengo estava orquestrando a sua entrada no League of Legends, o atirador Felipe “brTT” era um dos nomes desejados pelo clube. Foi oferecido 50 mil reais pelo atirador e as negociações avançam. Todavia, ao ficar sabendo da data de término do contrato de Felipe com a RED, o Flamengo não continuou as negociações e deu para trás com a matilha.

Pouco tempo depois, o rubro-negro anunciou a contratação do jogador e a matilha alegou que o time carioca não pagou pela contratação do mesmo. Em nota publicada na época, o Flamengo negou às acusações e afirmou que toda a negociação foi feita com base nas leis vigentes no mercado em questão. O time campeão brasileiro em 2019 também afirmou que o contrato com o jogador foi firmado após a sua saída da RED, ou seja, não haveriam multas a serem pagas.

brTT fora do FLA

Em meio a tudo isso, brTT está de saída do Flamengo. O jogador veio a público na última quarta-feira (20) e anunciou que não renovaria com o seu atual time para a próxima temporada. Da equipe que levantou o troféu após vencer a final da última etapa do CBLoL, apenas Bruno “Goku” se mantém até o momento.