Especiais

Maria da Penha neles! Conheça os taradões do “Ryona”!

Coisas bizarras, vemos elas todos os dias e algumas até surpreendem de tão inacreditáveis, especialmente aquelas vindas de outros países, com culturas e gostos diferentes dos nossos. O Japão, por exemplo, é uma fonte de bizarrices inesgotável, e é justamente de lá que trazemos a bizarrice do dia: o Ryona.

Esse termo surgiu há alguns anos no Japão e é usado para classificar animes/filmes, e agora também games, que mostram mulheres sexy sendo agredidas/torturadas/mortas, geralmente por um homem, ou outras mulheres. O termo se refere a um tipo de fetiche sexual, e vem da palavra japonesa “ryonani“, uma junção de “ryoki” (buscando o bizarro) e onani (masturbação).

Os japoneses sempre tiveram esse fetiche de ver garotas colegiais lutando, com roupas sendo rasgadas, partes do corpo aparecendo e tal (nem vamos começar a falar sobre tentáculos…), e esse novo gênero Ryona parece estar ganhando muitos adeptos. Em uma rápida pesquisa pelo Youtube, o Gamehall verificou que há dezenas de vídeos dedicados a essa atividade, desde os 16 Bits, até os games mais atuais, especialmente os jogos de luta.

O site Gamehall aproveita e pergunta aos leitores o que acham desse novo gênero? Apelação desnecessária? Machista ao extremo? Maria da Penha neles? Ou, por outro lado, acham legal e querem mais? É “apenas um jogo”, nada a ver? Personagens masculinos também morrem nos games! Enfim, escolham um argumento e Comentem!

Confira abaixo alguns vídeos que selecionamos para demonstrar o Ryona (tem até participação do Darth Vader!):

* E antes que perguntem, sim, existe uma versão com homens apanhando (muito apreciada pela comunidade gay), conhecida como Gyaku – Ryona, mas que não é tão popular, ao menos nos games, como o outro.

Márcio Pacheco

Márcio Alexsandro Pacheco - Jornalista de games, cultura pop e nerdices em geral. Me add no Facebook: https://www.facebook.com/marcio.pacheco

Artigos relacionados