Share Button

A Microsoft divulgou nesta segunda-feira (16) a configuração do novo Xbox Series X, e devo dizer, é impressionante.

O console virá com um processador AMD de arquitetura Zen 2 com 8 núcleos rodando a 3,8 GHz (3,6 GHz com multithread simultâneo) e uma GPU com arquitetura AMD RNDA 2 com 12 Teraflops, 52 unidades computacionais rodando a 1.825 GHz cada e ray tracing. Tanto a CPU quanto a GPU utilizarão um processo de 7nm.

Em adição a isso, o Xbox Series X terá 16 GB GDDR6 com bus de 320Mb os quais 10GB serão otimizados para serem usados pela GPU, 3,5 GB como memória RAM tradicional e 2,5GB para o sistema operacional; um SSD NVME customizado de 1TB; a possibilidade de expandir o armazenamento por meio de cartões de expansão de 1TB localizados na parte detrás do console; suporte para HDD externos via USB 3.2 (apenas para jogos retrocompatíveis de Xbox, Xbox 360 e Xbox One) e um leitor de Blu-ray 4K.

A Microsoft também informou que o console terá foco em rodar jogos em 4K e 60 fps, podendo chegar a até 120 fps. Entretanto, o videogame também suportará resolução 8K.

O novo SSD que virá no Xbox Series X permitirá carregar jogos mais rápido, com ajuda de algo chamado “Xbox Velocity Architecture”, feito para melhorar a integração entre o console e o jogo para que os materiais do game sejam carregados mais depressa.

Adicionalmente, o novo SSD permitirá que os jogadores usem o Xbox Series X para pausar e resumir vários jogos simultaneamente, podendo até mesmo realizar isso após uma atualização de sistema.

Para finalizar, a Microsoft fornecerá maiores detalhes sobre o console aos desenvolvedores na semana que vem e planeja dar mais informações sobre seus jogos em junho.

Mais informações sobre o Xbox Series X: