GamesNotícias

Microsoft Flight Simulator deve gerar US$ 2,6 bilhões em vendas de hardware para PC em 3 anos

Share Button

De acordo com a empresa de pesquisa Jon Peddle Research (JPR), Microsoft Flight Simulator irá gerar US$ 2,6 bilhões (R$ 14,54 bilhões) em vendas de hardware para PC nos próximos três anos, indo desde joysticks voltados para esse tipo de jogo até placas de vídeo top de linha.

Pelo fato de Microsoft Flight Simulator ser um jogo com gráficos incríveis, não existe hoje no mercado uma combinação de placa de vídeo e processador que consiga rodá-lo com qualidade gráfica no máximo sem que haja perda de desempenho, o que fará muitas pessoas gastarem dinheiro para montar um PC com peças melhores, assim que elas forem lançadas. Isso sem falar dos setups com várias telas, monitores ultrawide e controles específicos para simuladores de voo, como estes abaixo, da Honeycomb Aeronautical.

“Simuladores de voo são incrivelmente exigentes na capacidade de processamento e recompensam alta resolução, telas maiores, e uso de RV”, disse Ted Pollack, analista sênior da JPR. “Quando novos simuladores de voo são lançados, o hardware para rodá-los na configuração e desempenho máximo ainda não existe. Isso cria uma situação de demanda constante de hardware ao longo da vida do jogo enquanto fãs buscam pela melhor experiência. Um número significativo de fãs de simuladores de voo jogam apenas esse tipo de jogo. Levamos isso em conta quando calculamos se o dinheiro será gasto especificamente ou parcialmente por causa deste jogo.”

Com o iminente anúncio das novas placas GeForce RTX 30 no dia 1º de setembro e a chegada (em algum momento) das novas Radeon RDNA2, deveremos ficar mais próximos de conseguir rodar Microsoft Flight Simulator em todo o seu esplendor.

O jogo já está disponível para PC via Xbox Game Pass, Steam e Microsoft Store. Uma versão para Xbox One está sendo produzida mas ainda não possui data de lançamento.

Via PC Gamer

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo