Share Button

O diretor geral de marketing de jogos do Xbox, Aaron Greenberg, foi perguntando durante o podcast Real Deal se a Microsoft iria aumentar o preço de seus jogos em US$ 10 como fizeram a Sony, Take-Two e Activision recentemente para títulos que sairão para os consoles next-gen.

Greenberg não confirmou ou negou se os jogos dos estúdios da Microsoft passarão a custar US$ 70, sugerindo que a abordagem adotada no Xbox significa que esse aumento no preço dos jogos não é relevante, citando como razões o Xbox Game Pass e Smart Delivery.

“Para nós, realmente adotamos uma abordagem centrada nos fãs, primeiro com Smart Delivery, e mais importante, você obtém todos os nossos jogos no lançamento com o Game Pass. Então o preço de um jogo realmente importa, se estiver incluído na sua assinatura do Game Pass?”, disse Greenberg.

Este ano a Take-Two revelou que iria cobrar US$ 10 a mais por NBA 2K21 no PS5 e Xbox Series em relação ao jogo no PS4 e Xbox One, pois de acordo com o CEO, Strauss Zelnick, isso era reflexo da “qualidade da experiência”.

Mais tarde, a Activision confirmou o mesmo aumento de preço em Call of Duty: Black Ops Cold War, assim como a Sony em seus jogos de lançamento para PS5 como Demon’s Souls e Destruction All Stars.

Via GamesIndustry.biz