Share Button

Aaron Greenberg, responsável pelo marketing do Xbox, disse na semana passada que o Xbox Series X teria 60 fps como padrão e que arquitetura do console permite que jogos rodem em até 120 fps.

Contudo, após a Ubisoft dizer que Assassin’s Creed Valhalla não rodará em 60 fps, mas sim a pelo menos 30 fps no console, Greenberg mudou de opinião, dizendo que 60 fps não é algo obrigatório ou um padrão no Xbox Series X.

https://twitter.com/aarongreenberg/status/1260017717001678849

“Os produtores sempre tem a flexibilidade de como usar o poder [do Xbox Series X], por isso um padrão ou 60 fps constantes não é obrigatório,” disse.

DIRT 5 é uma situação distinta em relação aos demais jogos anunciados até o momento para o novo console, pois a Codemasters garante que ele rodará em 4K e 60 fps e ainda por cima terá um modo de desempenho, onde poderá ser jogado em 120 fps no novo videogame da Microsoft.

Os jogadores esperam que mais jogos em 60 fps sejam lançados na próxima geração, mas depois da declaração de Greenberg, fica difícil de acreditar nisso, já que muitas produtoras de grande porte geralmente se contentam em deixar seus títulos em 30 fps, de modo a poderem focar mais na beleza visual. Certamente várias delas irão utilizar Ray Tracing, uma das novas funcionalidades do Xbox Series X, mas ao fazerem isso terão de sacrificar o desempenho do jogo.