Share Button

Alguns jogadores consideram a hipótese de que Monster Hunter World, anunciado na E3 2017 para PS4, Xbox One e PC, poderia ser um spin-off da série, mas este não é o caso de acordo com Yuri Araujo da Capcom, que está trabalhando no game e respondeu diversas questões a respeito dele no Twitter.

Não apenas ele disse que o jogo “definitivamente” não é um spin-off, mas ele esclareceu que é parte da linha principal de títulos da série Monster Hunter. Para fãs que “presumam” que a série seria dividida entre os jogos numerados e World, ele aconselhou a “nunca assumir nada”.

Ele também explicou que este é “absolutamente” um Monster Hunter “verdadeiro” e está sendo feito pela principal equipe de desenvolvimento da Capcom do Japão. A jogabilidade não será sacrificada para fazer o jogo ficar mais bonito.

O modo Prowler não será incluído, mas o modo Hunter está “melhor do que nunca” segundo Araujo, que também mencionou que não haverá cross-play (recurso para jogadores de plataformas diferentes jogarem juntos), mas será possível jogar offline. Apesar de não ser um jogo de mundo aberto, todos os mapas são “massivos e bastante amplos, sem telas de loading”.

Outro fato interessante é que a página oficial japonesa do jogo menciona apenas PS4 e PS4 Pro como plataformas, indicando que talvez o game seja exclusivo para PS4 no Japão. Não que isso seja uma surpresa.

Monster Hunter World sairá mundialmente para PS4, Xbox One e PC no início de 2018.

Via DualShockers