Share Button

Hirozaku Hamamura, um dos mais respeitados nomes da indústria no Japão, presidente e CEO da Enterbrain, publisher da revista Weekly Famitsu, falou a respeito da situação dos consoles caseiros por lá com o site Mantan Web.

Ele mencionou que o mercado de videogames caseiros melhorou ao longo dos últimos anos. Nintendo não esperava vender a quantidade de Switch que vendeu, e o PS4 também está vendendo bem, graças a jogos como Final Fantasy XVDragon Quest XI.

Falando de Final Fantasy XV, Hamamura disse ter ouvido que o jogo já alcançou a marca de 7 milhões de cópias enviadas às lojas mundialmente. A última atualização oficial da Square Enix foi em janeiro de 2017, quando o número estava em 6 milhões. Ele considera que o game é um “enorme sucesso”.

Ele também explicou que olhando o mercado global, embora a popularidade de jogos de tiro em 1ª pessoa ainda seja avassaladora, títulos com uma pegada japonesa também estão vendendo bem, incluindo NieR: AutomataPersona 5.

Hamamura então começou a falar sobre Monster Hunter: World, mencionando que o jogo tem potencial para vender 10 milhões de unidades mundialmente no longo prazo, especialmente quando a versão para PC, cujo lançamento ocorrerá no 2º semestre de 2018, entrar à venda no Steam. Nos últimos anos o ciclo de vida dos jogos mudou, e não é mais apenas uma questão de vender muitas cópias físicas no lançamento, mas também vender por um longo período de tempo já que os preços vão diminuindo gradualmente.

O executivo não tem dúvida que o jogo será popular no Japão. A quantidade de jogadores no beta aberto foi além das expectativas e ele ouviu que as pré-vendas estão acima das previsões da Capcom. Ele também espera que o jogo alavanque as vendas do PS4, pois há muitos jogadores que estiveram esperando por um novo Monster Hunter da série principal nos consoles caseiros.

Monster Hunter: World sai no dia 26 de janeiro para PS4 e Xbox One, com a versão para PC chegando no 2º semestre, entre 22 de setembro e 20 de dezembro.

Via DualShockers