Share Button

De acordo com uma notícia publicada pelo Yahoo do Japão, o criador de Samurai X (ou Rurouni Kenshin), Nobuhiro Watsuki, foi preso pela polícia metropolitana de Tóquio sob a acusação de possuir pornografia infantil.

As autoridades confirmaram a prisão de Watsuki por solicitar pornografia infantil de meninas jovens, no início de suas adolescências. De acordo com as investigações, ele havia adquirido múltiplos DVDs de pornografia em outubro enquanto estava trabalhando em Tóquio. Os vídeos explícitos continham menores adolescentes sem roupa, e os relatos indicam que Watsuki molestava garotas que estavam no final do ensino fundamental e no início do ensino médio.

Segundo o Yahoo do Japão, as autoridades encontraram a coleção de pornografia infantil de Watsuki enquanto estavam investigando outro caso relacionado. Receberam a dica da compra de DVDs feita por Watsuki e enviaram uma divisão especial para vasculhar a casa dele, onde acharam os DVDs.

De acordo com as leis japonesas, Watsuki poderá ficar preso por até um ano caso seja condenado e terá também de pagar uma multa de até 1 milhão de ienes, o que dá aproximadamente R$ 29 mil.

Nobuhiro Watsuki ganhou fama por ter criado Rurouni Kenshin, conhecido no Brasil como Samurai X. O mangá foi lançado em 1994 e vendeu mais de 70 milhões de cópias mundialmente, ganhando inclusive um anime, que está disponível atualmente no Netflix.

Via ComicBook