GamesNotícias

Nova patente do PS5 sugere que o console receberá mais suporte para retrocompatibilidade

Uma nova patente do PS5 voltada para a retrocompatibilidade foi registrada pelo arquiteto chefe do console, Mark Cerny, conforme avistado pelo usuário @shaunmcilroy no Twitter.

A patente é chamada de “Backward Compatibility Through Use of Spoof Clock and Fine Grain Frequency Control” e foi registrada no USPTO. Como o PS5 já roda jogos de PS4, a patente sugere ser de um método para permitir aos jogadores usarem o console para jogar games de PS1, PS2 ou PS3.

Inclusive, os detalhes dela explicam como isso irá funcionar. Resumidamente, fará com que o videogame rode com as frequências de clock do sistema original de cada jogo, de modo a permitir que o PS5 aceite os jogos antigos. Então, se for jogar um game de PS3 nele, o PS5 ficará com as frequências de clock do PS3.

Ainda não sabemos se isso chegará aos jogadores, mas a nova patente se alinha com a alegação do mês passado de que a Sony estaria trabalhando em um novo serviço para rivalizar com o Xbox Game Pass e que permitiria jogar títulos de PlayStation mais antigos no PS5. Além disso, a empresa começou a retirar cartões presente do PS Now das prateleiras, o que também está alinhado com o rumor de dezembro, já que com a chegada do novo serviço o nome PS Now seria eliminado.

Via GamesRadar

Artigos relacionados