Share Button

Como alguns sabem, a sociedade japonesa possui tolerância zero com o uso de entorpecentes por parte dos seus artistas. Na cultura do local, tais pessoas são vistas como modelos e símbolos de uma vida próspera, correta e bem-sucedida.

Sendo assim, é comum entender que, quando uma celebridade “pisa na bola” e quebra essa confiança depositada pelos seus fãs, graves punições acontecem. Foi o caso do ator Pierre Taki, de 51 anos.

Responsável por dublagens japonesas famosas, como Olaf em Kingdom Hearts III, o artista, responsável pela voz do personagem Kyohei Hamura no game “Judgment”, está sendo julgado pelo consumo de cocaína e pode ser punido com até 7 anos de prisão.

Personagem dublado por Taki no game “Judgment”

E, para piorar, os fãs japoneses agora estão vivenciando um outro problema, fruto deste escândalo: a Sega retirou todas as cópias disponíveis para vendas no território do Sol Nascente – versão física e digital.

No passado, na tumultuada quarta edição da série Yakuza, um problema similar aconteceu. Devido ao caso vexatório, a Sega alterou o aspecto físico e a dublagem do personagem Masayoshi Tanimura, baseado, originalmente, no ator Hiroki Narimiya – também por problemas envolvendo drogas ilícitas.

Possivelmente, após a situação esfriar, a equipe responsável por “Judgment” fará o mesmo e restabelecerá as vendas. Nada ainda foi anunciado oficialmente.

Este game é um exclusivo de PlayStation 4 e está previsto para lançar no dia 25 de junho no mercado ocidental. Não informaram se a disponibilização será atrasada devido ao problema abordado.