GamesNotíciasr7

Nvidia é multada em US$ 5,5 milhões por não divulgar quantas GPUs foram vendidas para mineradores

A Nvidia precisará pagar uma multa de US$ 5,5 milhões após o encerramento envolvendo as acusações de que escondeu ilegalmente quantas de suas placas de vídeo foram vendidas para mineradores de criptomoedas. A Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC) realizou o anúncio a respeito, juntamente com um acordo com a empresa nesta sexta (6).

Segundo a reportagem feita pelo site The Verge, a SEC afirmou que a Nvidia enganou os investidores ao relatar um grande aumento na receita relacionada a jogos, escondendo quanto do seu sucesso dependia do mercado de criptomoedas, que é muito mais volátil.

Vários funcionários aparentemente reconhecem que diversas GPUs da Nvidia foram vendidas para mineradores, mesmo após ela lançar uma linha de placas de vídeo voltadas exclusivamente para mineração.

“O pessoal de vendas da empresa, em particular na China, relatou o que eles acreditavam ser um aumento significativo na demanda por GPUs para jogos como resultado da mineração de criptomoedas”, disse a SEC.

Devido à expansão do mercado de criptomoedas nos últimos anos, que como já foi dito é algo muito volátil, isso não quer dizer que os números de vendas da Nvidia indicavam um crescimento sustentável para a empresa, significando que seria mais arriscado investir nela.

“Os analistas e investidores da Nvidia estavam interessados em entender até que ponto a receita de jogos da empresa foi impactada pela mineração de criptos e perguntaram rotineiramente à ela sobre até que ponto os aumentos na receita de jogos durante esse período foram impulsionados pela mineração”, alegou a SEC.

Apesar disso, a Nvidia não mencionou vendas relacionadas à mineração como um fator para o sucesso de sua divisão de jogos. No entanto, ela falou sobre a criptomoeda como um fator importante em outros mercados, dando a entender para a SEC que ela estava sendo enganosa com seus investidores. Isso se provou verdade no fim de 2018, quando ocorreu uma quebra no valor das criptomoedas (aliado a um mercado chinês enfraquecido), o que levou a empresa a reduzir suas projeções de lucros trimestrais em US$ 500 milhões, resultando no processo judicial movido pelos acionistas.

“As falhas de divulgação da Nvidia privaram os investidores de informações críticas para avaliar os negócios da empresa em um mercado importante”, disse a chefe de criptoativos e unidade cibernética da SEC, Kristina Littman. “Todas as pessoas ou empresas, incluindo aquelas que buscam oportunidades envolvendo tecnologia emergente, devem garantir que suas divulgações sejam oportunas, completas e precisas”.

Artigos relacionados