Share Button

Divulgação

Bem-vindo ao futuro sombrio cyberpunk!

Após o sucesso de The Witcher 3, a expectativa dos fãs por Cyberpunk 2077 da CD Projekt Red é imensurável. Desde que foi anunciado, lá no longínquo ano de 2012, e quando ganhou seu primeiro trailer alguns meses depois, já havia fisgado a atenção de gamers de todo o mundo.

O título é na verdade uma sequência do livro de RPG Cyberpunk, lançado originalmente em 1988 (com distribuição no Brasil pela Devir Livraria), especialmente a segunda edição, que é a mais popular e se passa no ano de 2020.

Escrito por Mike Pondsmith, Cyberpunk 2020 tem como base as obras de William Gibson, Bruce Sterling entre outros autores do gênero cyberpunk, conhecido pela alta tecnologia e baixa qualidade de vida.

Nos cinemas o clássico Blade Runner (1982) é a principal referência ao gênero (além de ser uma das fontes de inspiração para o autor de Cyberpunk), que em 2017 ganhou a excelente sequência Blade Runner 2049.

Nos games temos várias referências, mas a mais popular provavelmente é a série Deus Ex, sendo o título mais recente Deus Ex: Mankind Divided de 2016.

O livro-RPG Cyberpunk 2020

Um mundo cheio de possibilidades!

Agora que você já está contextualizado com esse universo, podemos começar a falar de Cyberpunk 2077. O jogo possui perspectiva em primeira pessoa, onde os jogadores assumem o papel de V (de aparência e sexo customizável), um mercenário fora da lei em busca de um implante único que carrega a chave da imortalidade.

No universo cyberpunk, é comum pessoas utilizarem implantes cibernéticos para aumentar suas habilidades, elemento esse que será abundante na personalização de V, mudando o gameplay conforme as escolhas do jogador – para ação, furtividade, exploração, etc.

Além de vários tipos de armas, modo furtivo e hackeamento de sistemas, jogadores poderão comprar implantes com habilidades especiais, como um tradutor para entender línguas estrangeiras e assim abrir novas opções – apenas um exemplo de uma infinidade que estará disponível.

Divulgação

Night City, a cidade caótica do futuro!

A aventura se passa em um mundo aberto ambientada em Night City, uma megalópole dos Estados Unidos obcecada por poder, biomodificações, com altos índices de violência e pobreza, sendo que várias megacorporações dominam o setor de armas, tecnologia e outros, impondo suas próprias leis – nas palavras dos jogo, “o pior lugar para se viver na América“.

Além dessas corporações, há também vários grupos de gangues disputando por territórios e pessoas com modificações cibernéticas violentas, que espalham guerras e conflitos por toda a cidade. Para lidar com essas constantes ameaças existe o Psycho Squad, uma força armada especial com um único objetivo: caçar e capturar ou matar maníacos cibernéticos.

E assim está montado o caótico cenário onde o jogador passará a maior parte do seu tempo explorando – e lembre-se, cada decisão tomada define rumos diferentes para a história e o mundo ao seu redor.

Divulgação

Keanu Reeves e o mito de Johnny Silverhand

Como todos já devem saber, o ator Keanu Reeves (John Wick, Matrix) foi anunciado como um personagem de grande importância para a narrativa do jogo. Ele possui um braço cibernético e seu nome é Johnny Silverhand, que surgiu no Cyberpunk original de 1988, já com o braço mecânico.

Johnny pertence ao grupo (ou classe do livro-RPG) Rockerboy, que são músicos rebeldes com atitudes contra a autoridade opressiva da sociedade – basicamente são a versão futura dos punk rockers dos anos 70.

Ele é vocalista da banda Samurai e posteriormente seguiu uma carreira solo, até desaparecer em uma missão contra uma corporação, supostamente morto em ação, virando assim um mito entre os seus fãs – entre eles, o protagonista do jogo.

Além disso, ele também é um ex-militar desertor das forças armadas, portanto alguém com conhecimento em armas e habilidades que poderão ser úteis ao jogador em Cyberpunk 2077 – talvez até atuando como uma espécie de mentor para V.

Divulgação

Gaga Cyberpunk?

Nos trailers do jogo é possível ver o protagonista usando uma jaqueta com o nome da banda Samurai na gola, e inclusive no vídeo mais recente é possível ouvir uma música deles tocando no final – mas não se sabe se é mesmo Keanu Reeves cantando (no início da década de 90 ele chegou a ter uma banda de rock chamada Dogstar).

No vídeo de gameplay divulgado meses atrás pela CD Projekt Red também é possível ouvir, dentro do apartamento de V, o locutor de uma rádio falando sobre o mito de Johnny Silverhand, para logo em seguida tocar uma de suas músicas.

Mas além de Reeves, há fortes rumores de que outra famosa celebridade pode estar em Cyberpunk 2077: a cantora/atriz Lady Gaga. A estrela pop teria sido vista meses atrás visitando a CD Projekt Red para supostamente realizar captura de movimentos e feições do rosto para uma personagem. Será que em breve teremos outra revelação bombástica?

Uma coisa é certa: Lady Gaga é conhecida pelos seus visuais bizarros e excêntricos, que sem dúvida se encaixariam como uma luva no universo cyberpunk.

Chega logo 2020/2077!

Seja como for, Cyberpunk 2077 já é um dos jogos mais aguardados dos últimos tempos, e pelo o que foi mostrado até agora, ele não via decepcionar!

O game tem lançamento marcado para 16 de abril de 2020 nas plataformas PC, PlayStation 4 e Xbox One.

Confira abaixo o trailer cinemático mais recente, com a revelação do personagem de Keanu Reeves, e para ter uma ideia do gameplay (que deve seguir a linha da série Deus Ex,mas com várias novidades) , o vídeo da demo mostrada em 2018: