Share Button

A Nvidia e a Bandai Namco estão celebrando os 40 anos de PAC-MAN recriando via inteligência artificial o jogo original do icônico personagem dos videogames. Pesquisadores da Nvidia fizeram a IA Nvidia GameGAN “assistir” a 50 mil partidas de PAC-MAN para que ela recriasse o jogo sem acesso ao motor gráfico original. O resultado foi uma versão fiel ao clássico dos fliperamas, feita por uma máquina.

A GameGAN é a primeira rede neural do mundo a imitar um motor gráfico de jogo usando redes generativas adversariais ou GANs. Tratam-se de duas redes neurais que competem entre si, uma geradora e uma discriminadora, e que são especializadas em criar um conteúdo indistinto de um exemplo original. Outro exemplo de GAN é a Nvidia GauGAN, um modelo de deep learning que transforma com facilidade esboços inacabados em obras-primas fotorrealistas.

A GameGAN está sendo desenvolvida para acelerar o processo criativo de desenvolvedores de games, já que pode criar automaticamente layouts para novos jogos. Pesquisadores de IA também podem utilizá-la para desenvolver simulações para treinar máquinas autônomas, de forma a aprenderem as regras de um ambiente sem interagir com o mundo real.

A versão de PAC-MAN recriada como homenagem pela GameGAN poderá ser jogada ainda este ano no AI Playground. Mais detalhes a respeito desse estudo podem ser encontrados no blog da Nvidia.