Share Button

O famoso analista da indústria de jogos, Michael Pachter, logo após ter sua entrevista com o site DailyStar publicada, gerando muita polêmica por ele ter chamado jogadores de PC de “racistas”, foi até o fórum NeoGAF se defender.

De acordo com Pach, ele disse que nunca usou a palavra “twit” (tolo, bobo), mas usou sim o termo “racista”. Ainda segundo ele, a reportagem feita pelo DailyStar foi “irresponsável”.

“Eu nunca usei a palavra ‘twit’ na minha vida.”

“Eu usei o termo racista, mas apenas depois de ser questionado repetidamente sobre o que eu quis dizer quando chamei os jogadores de PC de insulares.”

“A reportagem aqui foi irresponsável. Eu já dei 6000 entrevistas ao longo dos últimos 15 anos (nós somos obrigados a registrá-las), e de alguma forma, fui capaz de esconder meu lado fanático até hoje…eu não tenho certeza do que o ‘repórter’ estava tentando fazer, além de causar alvoroço. Sim, eu disse que o PS4 Pro não atrairia os jogadores de PC. O resto é bobagem.”

Via Wccftech