GamesNotícias

Phil Spencer diz estar cansado da “guerra de consoles”

Phil Spencer, chefe da divisão Xbox, deixou claro durante uma entrevista ao jornal The Washington Post que está farto da chamada “guerra de consoles”, e disse que essa briguinha não é benéfica para ninguém.

“Essa ideia de que para que a indústria cresça, algumas empresas precisam ter sucesso e outras precisam falhar, não ajuda os jogos a alcançarem o potencial que poderiam,” disse o executivo. “Devemos ser motivados a ajudar os jogos, como uma indústria, a crescer, para os criadores tomarem os maiores riscos que puderem. Quando um ótimo jogo é lançado, devemos aplaudi-lo, seja para PC, PlayStation ou Switch.”

Divulgação

“Devemos focar nesta indústria que amamos e vê-la continuar a crescer. E devemos protegê-la dos problemas que ela possui,” disse Spencer, citando conversas recentes sobre acessibilidade, inclusão e abordando que comunidades tóxicas e prejudiciais destacaram o que realmente enfraquece a indústria. “Se vamos gastar energia, vamos fazer isso nessas coisas, não em ‘meu pedaço de plástico é melhor que o seu pedaço de plástico’. Eu não acho que essa é uma conversa produtiva.”

Esse ponto de vista de Spencer não é uma novidade, visto que ele passou os últimos anos seguindo nessa direção, visando distinguir a marca Xbox do restante da concorrência. Com isso, o Xbox Series X não é a única estrela da Microsoft para a próxima geração, pois ela também criou o Xbox Game Pass, considerado hoje por milhões de jogadores como o melhor serviço da indústria, e também o Project xCloud, para permitir jogar os games de Xbox usando um smartphone ou tablet.

Via ResetEra

Artigos relacionados