GamesNotícias

Placas de vídeo e processadores ficarão mais caros em 2022

A situação de quem pretende fazer um upgrade no computador para poder jogar não começou nada bem o ano de 2022, já que de acordo com o site Digitimes, a TSMC, uma das maiores fabricantes de semicondutores do mundo, avisou aos seus clientes, incluindo nomes como Nvidia e AMD, que planeja aumentar os preços de seus chips em até 20%.

O aumento será repassado aos consumidores, resultando em processadores e placas de vídeo mais caras. A TSMC cita como fatores para o reajuste a escassez relacionada com a pandemia, custos de material e também o frete e a logística.

A AMD será drasticamente afetada pela decisão da TSMC, pois depende muito dela para fabricar seus produtos. Seus processadores e placas de vídeos atuais e futuros usam a tecnologia de 7nm, e suas próximas CPUs Zen4 usarão 5nm, significando que serão mais difíceis e caras de se adquirir.

De acordo com o artigo da Digitimes, a Nvidia pagou adiantado para garantir a produção de suas placas GeForce RTX série 40, que usarão 5nm e estão previstas para serem lançadas no fim do ano. Mas não se iluda, pois mesmo assim elas não serão nada baratas quando chegarem.

Mesmo a Apple, a maior cliente da TSMC, não está imune aos efeitos do reajuste de preços e supostamente concordou em pagar mais (via The Standard) para garantir sua próxima geração de SoC (Sistemas no Chip), construída em 4nm e prevista para começar a ser produzida ainda este ano.

Com uma oferta de jogos que não para de crescer, está valendo muito a pena jogar no PC. O problema é que nunca foi tão caro como agora montar um computador voltado para jogos.

Via PC Gamer

Artigos relacionados