Share Button

Com lançamento marcado para o dia 13 de outubro nos Estados Unidos, o PlayStation VR vai demorar ainda um bom tempo até chegar no Brasil.

De acordo com o gerente geral de PlayStation para a América Latina, Anderson Gracias, em entrevista ao UOL Jogos, o plano da Sony é lançar o headset de realidade virtual em território brasileiro durante o próximo ano fiscal da empresa, que vai de abril do ano que vem até abril de 2018.

“Dentro dessa janela, a intenção é lançar o mais cedo possível,” informou Gracias, que disse ainda ser necessário definir planos de marketing para o ponto de venda, preço do produto, e outras coisas.

Sobre o valor, Gracias diz que existem estratégias que podem ser adotadas para amenizar o quanto será necessário para o consumidor brasileiro pagar para ter o acessório.

“Podemos até adotar o subsídio parcial [do preço do PlayStation VR]. A ideia é, dentro de uma filosofia de acessibilidade, que o valor seja o mais barato possível”, explica Gracias.

O executivo disse também, segundo o site, que existem três produtoras criando jogos para o PS VR no Brasil: a Pixel Ripped, com um jogo de mesmo nome; a VR Monkey, com um título ainda sem nome definido; e a Imgnation, com “Monowheels”.

Durante a Brasil Game Show 2016, que começa amanhã (1º) e vai até segunda-feira (5), será possível aos visitantes testarem pela primeira vez o PS VR.

Haverá sete estações de teste, com os jogos Wayward SkyRIGSBattlezoneVR WorldsRez InfiniteUntil Dawn: Rush of Blood. Serão distribuídas senhas para minimizar a formação de filas.

Alem desses títulos, Batman Arkham: VR poderá ser jogado no estande da Warner Games.