Share Button

E que a empresa está trabalhando para repor estoques do NES Classic nos Estados Unidos. Particularmente, para os dois casos, só acredito vendo.

A Nintendo possui um histórico de problemas de escassez nos Estados Unidos há anos. Aconteceu com Wii, com versões especiais de seus sistemas e jogos, com Amiibos e voltou a acontecer recentemente com o NES Classic Edition. Falando ao site Wired, o Presidente da Nintendo da América, Reggie Fils-Aimé, garantiu que isso não se repetirá com o Switch e também deu esperança para quem ainda espera comprar um NES Classic.

Falando primeiramente a respeito do NES, ele disse que a demanda global dele excedeu e muito qualquer coisa que haviam antecipado, o que causou a escassez dele em todos os lugares. Ele disse que a Nintendo esperava que apenas pessoas nos seus 30-40 anos comprassem o console, mas que nos EUA muitos fãs viram o aparelho como uma ótima oportunidade de adquirir 30 dos melhores jogos para NES, apesar de já terem provavelmente comprado vários deles em outras ocasiões.

“Quantas vezes você comprou o Super Mario Bros. original? Nós achávamos que o consumidor que já tem um Wii ou Wii U e tinha comprado estes jogos uma ou duas vezes, não compraria o NES Classic. E eles compraram.”

Nos EUA, e aparentemente apenas lá pois ele não mencionou outras regiões, a Nintendo continuará atendendo a demanda pelo NES Classic. Só não sabemos o quanto, já que atualmente a empresa está enviando pouquíssimas unidades dele às lojas, que são vendidas no instante que são postas em estoque.

Contudo, Reggie falou que essa situação não ocorrerá com o Switch, apesar dele já estar esgotado em vários locais, incluindo Amazon e GameStop. Ele disse que isso não será um problema, pois a Nintendo espera enviar às lojas duas milhões de unidades mundialmente “durante o primeiro mês.”

Repetindo o que disse, só acredito que o Switch não terá esses problemas de escassez vendo isso na prática.