GamesPréviasr7

Prévia | Eternal Winter e nova classe Drakania chegam para dar vida nova ao Black Desert Online

A Pearl Abyss continua a expandir Black Desert Online com novos conteúdos, classes e experimentação na jogabilidade. O próximo passo será Eternal Winter, a expansão que chega ao jogo já no próximo dia 06 de abril. Tivemos a oportunidade de jogar na nova área gelada e testar a inédita classe Drakania, que deve trazer novos ares para o meta do jogo. Se liga no que te aguarda!

Drakania vs. Guardian

Para o teste, a Pearl Abyss forneceu tanto um personagem de nível um, para averiguar a progressão das missões na nova região, quanto um de nível acima de 60, para jogar o potencial endgame. Ambos da classe Drakania, uma das novidades de Eternal Winter.

Essa classe utiliza uma espada de duas mãos, mas é o oposto do que se espera do arquétipo. Longe de ser lenta, ela desfere golpes variados em sequências alucinantes que misturam dano físico com vários efeitos em área do elemento eletricidade.

Como todas as classes do jogo, a Drakania é de um gênero específico, neste caso feminino e conta com um conjunto de armadura bem legal, que deve agradar os fãs de longa data. No entanto, o detalhe mais chamativo é que ela é descrita como o oposto da classe Guardian, com uma rivalidade explicada na história que data de centenas de anos. Essa rivalidade também reflete na jogabilidade, já que a Drakania tem habilidades específicas para anular buffs de Guardians, o que deve dar uma dinâmica bem legal no jogo mais competitivo.

Nos testes com o personagem de nível mais alto, deu para ver que, apesar de poderosa, a classe exige bastante conhecimento do jogador. Mesmo com a build montada pela Pearl Abyss, era normal levar uma eternidade para derrotar alguns Okjinsini, os monstros de neve similares ao Pé Grande. Foram necessárias algumas horas para realmente pegar o jeito e os melhores combos para conseguir vislumbrar o potencial de uma Drakania.

Jornada pela montanha

O conteúdo narrativo dessa expansão gira em torno de obter a Chama de Ynix ao superar o desafio das bruxas, mas não tive como explorar tudo que a história tem a oferecer no tempo de teste. O que deu para perceber é um bom nível de variação de áreas, que vão de florestas a minas geladas, que vão ficando mais e mais perigosas a medida que a montanha é escalada.

Utilizando o personagem de nível um, foi possível ver o início da jornada pela nova área gelada ao sul de Drieghan e experimentar o novo caminho para novatos, que conta com a ajuda de um NPC mega carismático chamado Lando, um dos destaques de Eternal Winter.

Uma novidade que chama a atenção logo de cara são os personagens todos com dublagem (infelizmente não em português), que dão uma imersão a mais na jogatina, principalmente nos momentos com missões menos empolgantes. Há várias cutscenes para as principais missões, com um nível de qualidade bem satisfatório para um MMO, o que adiciona bastante na experiência do jogo e mostra um nível de polimento exemplar. Aliás, o foco nessa jornada até o endgame agora é consideravelmente mais narrativo, com bem menos momentos de grind ou mesmo batalhas, ao menos até onde cheguei. Surpreendentemente, a história até o momento surpreende pela boa escrita, o que era um dos defeitos da Pearl Abyss.

Nessa nova área também há uma atividade inédita, a pesca no gelo, que se soma a todas as outras do jogo para criar boas alternativas ao combate e seguimento de linhas de missões em busca de experiência. Equipamentos e até mesmo uma fada que cura automaticamente a sua vida também estão entre as novidades que valem a jornada para novos e velhos jogadores.

Os novos calabouços, chamados de instanciadas, também se destacam pela diferença das áreas padrões, já que permitem obter, por seis salas distintas, experiência e saques reservados para o seu personagem ou grupo, sem disputa com outros jogadores. Além disso, há algumas delas com desafios específicos, incluindo quebra-cabeças, o que torna a repetição menos entediante.

Com conteúdo novo relevante, uma classe que promete bastante e uma nova forma de começar a jornada por um caminho repleto de boas histórias e um bom nível de polimento, Eternal Winter deve dar nova vida para Black Desert Online e estamos curiosos para o que o futuro aguarda.

Artigos relacionados