Share Button

O mundo todo está falando de nova geração, tecnologias para o futuro dos games e seus eventuais jogos, mas ainda há alguma lenha para queimar no PlayStation 4. Anunciados há bastante tempo, The Last of Us Part II e Ghost of Tsushima irão fechar a geração atual da Sony em junho e julho, respectivamente.

Com novas revelações no último State of Play, ficou mais claro o propósito do jogo, suas inspirações e quais as mecânicas principais de exploração e combate. Nessa prévia reunimos tudo o que foi divulgado até agora para você ficar por dentro do que esperar. Afie a sua katana e vem com a gente nessa jornada épica ao Japão.

História

Ghost of Tsushima vai ser ambientado no Japão feudal, mais precisamente no ano de 1274. O nome do jogo não é por acaso: você é um morador da ilha de Tsushima, que neste ano vai ser invadida pelos mongóis – que na época estavam em uma campanha expansionista sem precedentes na história da humanidade.

O protagonista se chama Jin Sakai e é um dos últimos samurais vivos. Com a invasão mongol, ele irá utilizar tudo o que aprendeu para tentar proteger a sua terra. Como vencer um exército sozinho exige muito, ele vai acabar se desviando do seu caminho, aprendendo e utilizando novas habilidades pelo caminho do fantasma, que, pelo que vimos no gameplay, utiliza bastante da furtividade e táticas de combate para gerar medo nas forças inimigas.

Foi confirmado que teremos alguns ajudantes nessa jornada, como o arqueiro Masako, que apareceu em alguns trailers. Como eles participarão da aventura ainda é um mistério.

Guiado pelo vento

Ghost of Tsushima é um jogo de mundo aberto, focado na exploração. O objetivo da Sucker Punch foi criar um meio de dar todo o controle para o jogador e fugir da abordagem de seguir apenas marcações no mapa. Essa nova abordagem no design visa utilizar o próprio mundo, com pontos de interesse visíveis no horizonte, para guiar a jornada que você irá fazer.

As comparações com o recente The Legend of Zelda: Breath of the Wild são inevitáveis. Montado no seu cavalo, Jin pode viajar livremente por todo o mapa enquanto procura por seus segredos e avança na história.

Um dos momentos mais legais do último trailer de gameplay foi mostrar como o personagem pode ser guiado pelo vento. Ao marcar um local para visitar, uma rajada de vento indica para você a direção para viajar. Resta saber como isso tudo vai funcionar com o controle em mãos.

Jogabilidade

Recentemente foram mostrados 18 minutos de jogabilidade do Ghost of Tsushima, que focou em vários aspectos do jogo, desde a exploração até o combate.

A mecânica de travessia será feita a cavalo e no meio do caminho Jin pode colher flores, bambu e outros recursos que servem para customizar e otimizar o seu equipamento.

O combate poderá ser feito de duas maneiras diferentes. A primeira é na forma samurai, onde o Jin parte para o combate mano a mano com os inimigos. Suas habilidades nessa forma são precisas e ele consegue executar inimigos com um único golpe, embora essa mecânica não tenha ficado tão clara no trailer. A segunda forma é a de fantasma, mais parecido com as invasões de Assassin’s Creed, onde o jogo te pede para utilizar uma abordagem mais furtiva. Nesta forma, Jin pode utilizar as sombras para eliminar os inimigos sem ser notado e completar objetivos diversos, como no caso da demo, incendiar um barco.

Para definir as batalhas de forma mais rápida, Jin pode usar diferentes posturas em combate. Ficou claro que o sistema é voltado para a precisão, com aparadas no tempo correto e escolhas bem feitas de abordagem. Resta saber o quão variado ele é e o quanto as habilidades aprendidas vão influenciar nessa área.

Dependendo de como você completa os seus objetivos, Jin pode causar pavor nos inimigos, o que reflete no gameplay. Em determinado momento da demo é possível ver um inimigo caindo e recuando com medo do fantasma de Tsushima em uma invasão noturna.

Para se adequar a cada estilo e maximizar as suas especialidades, Jin pode alterar os seus equipamentos. Há vários tipos de roupas para cada situação e também amuletos, que podem ser encontrados explorando o mapa, e garantem pequenos bônus em combate, como recuperação maior de vida, que pode render vantagens importantes.

Pelo trailer também deu para ver que existirão eventos aleatórios no mapa. Em determinado momento um urso ataca outros animais que corriam pela floresta. Em outro, uma raposa guia Jin para um santuário secreto. Há até um momento em que um pássaro amarelo faz esse papel em uma das cenas mais bonitas do trailer. Provavelmente devem rolar eventos assim com os moradores da ilha também.

Modo fotografia parrudo

Infamous: Second Son, jogo anterior da Sucker Punch, foi um dos marcos da geração quando o assunto é modo fotografia, aquele que permite fazer capturas belíssimas durante o gameplay. Com Ghost of Tsushima o objetivo é alcançar ares ainda mais altos.

No “Photo Mode” do jogo será possível alterar a direção do vento para modificar a posição da vegetação, inserir diversas partículas, alterar tanto a pose quanto a expressão facial de Jin, alterar a profundidade de campo para fazer focos interessantes e ainda aplicar diversos filtros para passar a sensação que você deseja. Será possível até trocar a música de fundo para fazer pequenas gravações de vídeos.

Como o jogo tem referências pesadas à filmes de samurai clássicos de Akira Kurosawa, será possível jogar toda campanha com um filtro preto e branco, que transforma cada duelo em uma cena ainda mais emblemática.

Desempenho e duração

De acordo com a Sucker Punch, Ghost of Tsushima não possuirá um modo de performance de 60 fps no PS4 Pro e a resolução na qual ele rodará no console será 4K dinâmica.

Segundo o diretor de arte, Jason Connell, em entrevista à Eurogamer Portugal, o jogo sempre foi pensado para se ter uma jogabilidade focada em 30 fps, ou seja, não haverá nenhum modo que permita jogar com desempenho acima disso. No caso da resolução 4K, a técnica checkerboard será utilizada para alcançá-la, algo bastante comum no console e que é usado em jogos que não conseguem rodar em 4K nativo.

No caso do tamanho, a página do jogo no site da Sony diz que será necessário 50GB de espaço livre no disco rígido para instalar o game.

Falando da duração da aventura, serão necessárias 50 horas ou mais para ver tudo que o jogo oferece, de acordo com o que disse o diretor criativo, Nate Fox, em entrevista à Voxel.

Lançamento

Ghost of Tsushima tem data de lançamento marcada para o dia 17 de julho deste ano. Exclusivo para PlayStation 4, você encontra o jogo em pré-venda na PS Store por R$ 249,90.

Edições físicas também estão disponíveis. A Special Edition vem com uma caixa steelbook, um ponto de técnica, amuleto das Graças de Hachiman, Conjunto de Visuais de Herói de Tsushima, minilivro de arte digital e comentários do editor. O preço sugerido é de R$ 289 ou R$ 231,20 à vista com 20% de desconto.

Já a Standard Edition vem com mini trilha sonora digital, tema dinâmico para PS4 e avatar do Jin para PS4 como bônus digital. O preço sugerido é de R$ 249 ou R$ 199 com 20% de desconto.