Share Button
Divulgação

Mais de dois mil jogadores amadores de 15 a 17 anos começam neste sábado, dia 5, a disputar a primeira edição dos Jogos Escolares Eletrônicos em três modalidades: Just Dance, Clash Royale e eFootball PES (Xbox e PS4). O campeonato, que reúne alunos de escolas de todo o país, é uma iniciativa do Esporte da Globo, em parceria com a Octagon Brasil, agência líder nacional em marketing esportivo, entretenimento e experiência, e tem patrocínio da Oi.

Na primeira fase, a disputa é online e 27 participantes de cada jogo avançam para os playoffs. Uma repescagem classifica mais 5 competidores para a segunda fase. Após o fim da disputa, os 4 semifinalistas de cada jogo (12 no total) participam de uma visita aos Estúdios Globo e conhecem a mansão do Final Level, a Gameland, ambos no Rio de Janeiro. Os campeões ainda ganham uma viagem para a CCXP com acompanhante, com direito a um dia de experiência na maior Comic Con do mundo. O objetivo dos Jogos Escolares Eletrônicos é estimular o cenário das competições de e-sports e contribuir para a formação e descoberta de novos talentos em todo o Brasil.

Modalidades

O eFootball PES é um dos principais simuladores de futebol da atualidade. Na PES League, circuito competitivo oficial do game, os atletas brasileiros são referência. O país se consolida cada vez mais também no Just Dance. Em apenas três anos, o jogo de dança superou a marca de um milhão de unidades no país, faz parte da cena dos exergames (exercise games) e já é adotado como atividade em escolas pelo Brasil. O Clash Royale é um jogo de cartas que exige muita estratégia e raciocínio apurado por parte dos competidores e já é uma modalidade do Torneio Universitário de e-sports (TUES). Em 2018, a seleção brasileira foi bicampeã mundial na Clash Royale Nations Cup.

Primeira Fase (online)

5/10 e 6/10 – Just Dance e Clash Royale

19/10 e 20/10 – PES

Repescagem (online)

28/10 e 17/11

Segunda Fase (online)

23/11 e 24/11 – Playoffs para a final nacional

Final Nacional (presencial)

1/12 – Rio de Janeiro