Share Button

Um dos maiores sucessos em 2017, PlayerUnknown’s Battlegrounds tem tudo para continuar em alta também em 2018. O produtor executivo do game e CEO da PUBG Corp, Chang Han Kim, disse em uma entrevista ao site InvenGlobal, esperar que um dia o jogo esteja disponível em “todas as plataformas”. Não apenas isso, mas ele também falou sobre como almeja para PUBG tornar-se uma “franquia de mídia universal” que poderia estender-se para além dos jogos, na TV e em filmes.

PUBG está atualmente disponível para PC. Nos consoles, apenas o Xbox One possui o game, graças a uma parceria da Microsoft que está garantindo a exclusividade temporária dele à sua plataforma. O título se manterá exclusivo para Xbox One “por algum tempo”, disse Kim, mas aparentemente você pode esperá-lo no PS4 e outros sistemas posteriormente. “Se tivermos a oportunidade, o objetivo final seria lançar o título em todas as plataformas,” informou Kim.

A versão para PC de PUBG lançou oficialmente sua versão 1.0, enquanto que no Xbox One o jogo continua inacabado, dentro do programa Game Preview. Apesar disso, a versão do Xbox One é um tremendo sucesso, tendo vendido 1 milhão de cópias nas primeiras 48 horas. Kim disse que o jogo tem “vendido consideravelmente” desde então, e no geral descreveu o sucesso comercial do jogo no Xbox One como sendo “muito melhor” do que o antecipado.

Kim aproveitou para explicar que parte daquilo que está mantendo PUBG longe do PS4. Além do contrato de exclusividade temporária com a Microsoft (claro), a plataforma da Sony não possui um programa como o Acesso Antecipado ou Game Preview.

“Acesso Antecipado no Steam e Game Preview no Xbox One são como pré-lançamentos, então eles não tem uma restrição na qualidade. Entretanto, PlayStation é muito rigoroso a respeito disso,” disse Kim.”Houve casos onde um jogo levou 6 meses a mais para lançar mesmo quando já estava terminado. Ainda estamos na etapa de aprendizado no ambiente de desenvolvimento de console e o gosto dos jogadores de console. Precisamos pensar a respeito de outras plataformas após avaliar e completar a versão para Xbox One primeiro.”

Também na entrevista, Kim falou sobre sua ambição em fazer com que PUBG torne-se muito mais do que somente um jogo. “Eu gostaria que PUBG virasse uma franquia de mídia universal baseada no jogo,” disse. “Queremos tomar parte em diversas indústrias incluindo eSports, filmes, drama, desenhos, animações, e mais. Na verdade, recebemos algumas ligações de um número de desenvolvedores em Hollywood e Netflix.”

“Nosso sonho é construir uma cultura baseada em um novo jogo através de várias maneiras como essa, e ter a liderança desta cultura.”

Via GameSpot