Share Button
ESL LA League é uma das principais competições de PUBG da América Latina (Foto: Divulgação/BBL)

Liderando o torneio desde às primeiras semanas, rustyzera, and1FPS, ps1copata e raspu, ex-quarteto da Brazilian Crusaders, conquistaram o título da ESL LA League de PlayerUnknown’s Battleground (PUBG) e vão até a Suécia, neste mês, para disputar GLL Grand Slam: PUBG Classic, representando a América Latina ao lado de Team Singularity e BitLoft Esports.

Embora a organização tenha fechado às portas logo após o término da competição, os jogadores ainda podem ir disputar o torneio internacional e seguem buscando uma organização para representá-los. Não será a primeira vez que os jogadores da BRC vão disputar um campeonato lá fora. No início do ano, em abril, eles fora campeões da fase inicial da temporada e viajaram até Londres para representar a América Latina no FACEIT Global Summit: PUBG Classic, a primeira competição internacional de PUBG do ano.

Com premiação de US$ 300 mil (equivalentes a cerca de R$ 1,2 milhão), o GLL Grand Slam será o segundo campeonato internacional de PUBG da temporada 2019 e reunirá 16 equipes em Estocolmo, a capital sueca, de 19 a 21 de julho. O torneio terá a participação de cinco times europeus, cinco norte-americanos, três da Oceania e três da América Latina.