Share Button

Anunciado na conferência da Bethesda durante a E3, Quake Champions não sairá para consoles.

O motivo para esta decisão é que a id Software quer usar a capacidade do PC para poder entregar uma taxa de quadros por segundo bem alta, na casa dos 120 fps, de acordo com o que disse o diretor criativo, Tim Willits, ao site GameSpot.

“A maioria de nós, inclusive eu, não conseguimos notar a diferença (de 60 para 120 fps),” afirmou Willits. “Mas existem alguns jogadores que são desumanos. E nós não podemos vir e dizer que iremos fazer um jogo para eles e não rodá-lo ridiculamente rápido. Pois se perdermos estes jogadores, estaremos encrencados.”

“É por isso que é um jogo para PC. Sem desculpas. Sem limitações,” adicionou Willits.

Não será necessário um “PC da Nasa” para rodar Quake Champions com esta taxa de quadros por segundo no entanto. Willits disse que será possível reduzir as configurações de modo que o jogo rode a 120 fps até em computadores mais modestos.

Quake Champions ainda não possui data de lançamento.