Share Button

Dois empates e confrontos de alto nível marcaram a abertura da nona rodada do Brasileirão Rainbow Six 2019, neste domingo (24). A FaZe Clan até começou melhor que a Immortals, mas viu a adversária arrancar um empate em 1 a 1 nos instantes finais da partida. Em seguida, a Ninjas in Pyjamas repetiu o roteiro e, depois de abrir vantagem, permitiu que o INTZ reagisse e deixasse tudo igual.

O resultado deu a liderança à FaZe Clan, que agora tem 16 pontos, mas pode ver a Team Liquid ultrapassá-la, caso vença no próximo fim de semana. O INTZ se consolidou na briga entre os líderes e segue em terceiro, com 14 pontos. A NiP estacionou no meio da tabela com dez, enquanto a Immortals começa a se aproximar da parte de cima, com oito.

No próximo domingo (31), o Brasileirão Rainbow Six 2019 retorna com o encerramento da nona rodada. Às 18h, paiN Gaming e ReD DevilS fazem duelo direto entre os últimos colocados com ambas precisando da vitória. Em seguida, a Team Liquid luta para recuperar a liderança diante da Black Dragons.

Os jogos serão transmitidos ao vivo pelo sportv.com e nos canais oficiais do Rainbow Six Esports Brasil na Twitch e no YouTube.

Immortals brilha no fim e arranca empate – FaZe Clan 1×1 Immortals

A noite começou com a FaZe Clan, escalada com cameram4n, mav, ion, YooNah e Astro444 se impondo. A Immortals, de BULLET1, Novys1, pX, MKing e cyb3r, não desanimou e reagiu nos momentos finais para deixar tudo igual no confronto.

No mapa Fronteira, a FaZe dominou desde o início. A equipe se mostrou muito cautelosa no ataque ao coletar a maior quantidade possível de informação para decidir a rodada nos últimos instantes. Rapidamente, o time abriu 4 a 2. Na virada de lado, a Immortals novamente teve dificuldades para ler a estratégia adversária e não conseguiu derrotar a defesa recuada – mas bem postada – da FaZe, que fechou a  partida em 7 a 2.

No mapa de escolha da Immortals, o Consulado, o time de BULLET1 se encontrou e equilibrou o duelo. A FaZe até abriu a vantagem de 2 a 0, mas viu a adversária buscar a diferença e empatar. Daí em diante, as duas trocaram rodadas sólidas com belas trocações. Com 5 a 5 no placar, brilhou o talento individual dos Imortais. Primeiro, cyb3r conseguiu o map point ao atrapalhar um ótimo ataque inimigo. Depois, mesmo em desvantagem numérica, MKing e Novys garantiram a vitória por 7 a 5 e o empate na partida em 1 a 1.

Na opinião de José “BULLET1” Vitor, da Immortals, apesar de algumas dificuldades no início do jogo, o resultado foi positivo: “No primeiro mapa não estávamos conseguindo neutralizar as táticas da FaZe, principalmente no ataque. Na Fronteira, se você perder muitas rodadas de defesa, é difícil se recuperar. No Consulado, entretanto, estudamos bem o jogo adversário nos últimos dias e sabíamos que não era o melhor cenário para eles. Trabalhamos em cima dos erros deles e arrancamos o empate”.

Já Gabriel “cameram4n” Hespanhol acredita que a FaZe deixou a vitória escapar: “Faltou calma para o time, principalmente da minha parte. Apesar de conseguir eliminações importantes, acabei retardando o ataque da equipe em algumas rodadas essenciais. Isso define um jogo. Hoje, empatamos com uma line-up muito forte, mas o meu sentimento é de derrota”.

NiP começa melhor, mas INTZ corre atrás da igualdade – Ninjas in Pyjamas 1×1 INTZ

No segundo jogo, a Ninjas in Pyjamas, formada por JULIO, Psycho, kamikaze, wag e pino, deu a entender que conseguiria vencer com facilidade depois da vitória no primeiro mapa no jogo. Porém, o INTZ, escalado com  IntacT, yuuK, DRUNKKZZ, Dudds e bor, provou que vive grande fase no BR6 2019 e buscou o empate.

Segurança e agressividade: esse foi o resumo da Ninjas in Pyjamas no mapa Consulado, o primeiro da série contra o INTZ. Os Intrépidos até equilibraram as ações nos primeiros quatro rounds do jogo, mas não repetiram as atuações dos últimos jogos no Brasileirão. Com 2 a 2 no placar, os Ninjas, liderados pelas eliminações de Psycho e pino, emplacaram cinco rodadas seguidas e venceram a partida por 7 a 2.

No mapa Banco, os papéis se inverteram. Desta vez, o INTZ tomou o controle e abriu 2 a 0. A NiP até reagiu e aproveitou um erro estratégico do adversário para voltar à disputa, mas os Intrépidos não facilitaram e, no ataque, fizeram 4 a 2. Na virada de lado, mais uma vez o INTZ levou vantagem sobre os Ninjas com três rodadas sólidas na defesa. Resultado: 7 a 2 na partida e empate em 1 a 1.

Para Julio “JULIO” Giacomelli, o resultado foi definido nas escolhas de mapas de ambos os times: “Nós já havíamos ganhado do INTZ no Consulado durante a Pro League e, por isso, tínhamos muita informação sobre a estratégia deles. No mapa de escolha deles, souberam nos anular. Foi mérito deles”. Vale lembrar que na última quarta-feira (20) as duas equipes se enfrentaram em jogo válido pela Pro League e os Ninjas venceram por 7 a 2.

Thiago “bor” Borinelli também afirmou que os mapas foram detalhes essenciais no empate entre INTZ e NiP: “Acredito que erramos em querer enfrentá-los novamente no Consulado. Tentamos surpreender de alguma forma, mas infelizmente não deu certo. Eles continuaram com um estilo de jogo agressivo e não lidamos muito bem com isso”.

Lições do Six Invitational 2019

Pouco mais de um mês após o Six Invitational, as equipes brasileiras voltam a adquirir o ritmo de jogo após a pausa para a competição mais importante do calendário competitivo de Rainbow Six.

Para as equipes que representaram o Brasil no mundial da modalidade não é diferente. Depois de um desempenho abaixo do esperado no Canadá, a Immortals voltou para a temporada regular em alta. Líder na Pro League e se recuperando depois do início irregular no Brasileirão, a equipe tenta aprender com a experiência adquirida no Six Invitational.

“Jogamos com dois times dos EUA e um da Europa lá. Os europeus eram agressivos e os norte-americanos mais defensivos. Em todos esses jogos estávamos muito nervosos e demos muitas chances ao adversário. Por isso, chegamos à conclusão que precisaríamos ter mais calma e melhor comunicação na volta da pausa. A tranquilidade para executar uma jogada ou estratégia é essencial e pode definir uma rodada”, relatou BULLET1.

A Ninjas in Pyjamas é outro exemplo disso. Depois de duas derrotas e uma participação curta no SI 2019, a NiP vem trabalhando seus erros e aprimorando seu estilo de jogo para a reta final da temporada.

“Desde o Invitational, estamos conseguindo ser muito mais metódicos. Tentamos jogar passo a passo, mudando a estratégia durante as rodadas e adaptando elas. Dessa forma, jogamos de maneira mais organizada e a partida flui de uma maneira melhor”, explicou JULIO.

Clássicos e confrontos diretos agitam a 10ª rodada da Pro League

O meio de semana será agitado com quatro jogos válidos pela 10ª rodada da região latino-americana da Pro League. Na quarta-feira (27), a partir das 18h, os fãs de Rainbow Six poderão acompanhar dois clássicos entre os representantes do Brasil no último Six Invitational.

Na primeira partida da noite, Immortals e Ninjas in Pyjamas farão confronto direto que pode definir o novo líder no campeonato. Os Imortais tentam manter a primeira posição, enquanto os Ninjas buscam embolar de vez a tabela. Em seguida, o clássico entre Team Liquid e FaZe Clan também vale a ponta para o time de Leo “ziG” Duarte, que torce por um tropeço da Immortals.

Outros dois duelos fecham a rodada. A Black Dragons tenta se aproximar dos quatro primeiros colocados diante da paiN Gaming, assim como a ReD DevilS, que enfrenta o INTZ. Na última posição, os Intrépidos precisam da vitória para não perder de vista seus adversários.

Quarta-feira (27/03), a partir das 18h

Immortals x Ninjas in Pyjamas

FaZe Clan x Team Liquid

Black Dragons x paiN Gaming

INTZ x ReD DevilS

Confira a classificação atualizada do Brasileirão Rainbow Six 2019: