Share Button

Quando “Borderlands 3”, para PC, foi anunciado como exclusivo da Epic Games Store até abril de 2020, sabíamos que muita gente não ficaria feliz. De fato, foi o que aconteceu.

Após a confirmação, diversos usuários insatisfeitos com as decisões da companhia começaram a publicar reviews negativos para os títulos antigos da série.

Porém, quem achou que isso intimidaria a desenvolvedora, se enganou. Randy Pitchford, um dos fundadores da Gearbox Software, se posicionou sobre o acontecimento.

Ironicamente, sendo esse uso incorreto possível (da ferramenta de análises), fora que o Steam não tem interesse em corrigir a situação, fez eu ficar parcialmente feliz pela decisão da 2K, e fez eu querer reconsiderar a postura da Gearbox sobre publicar na plataforma“, afirmou Pitchford.

Com essa postura agressiva, os ânimos de muitos críticos se exaltaram ainda mais – e afirmaram que ele estaria, na verdade, tentando ameaçar os seus consumidores.

Com a ascensão de problemas similares, a Valve parece estar, sim, interessada em resolver a situação em questão. Pela primeira vez em sua história, a empresa está investindo em tecnologias que desconsideram “atividades fora do contexto” na ferramenta de análises.

De foda forma, “Borderlands 3” continua com os planos inalterados de lançamento. O produto estará disponível para PC, Xbox One e PlayStation 4.