Share Button

No começo da década de 1990, antes de “Street Fighter II” definir o padrão dos jogos de luta e “Mortal Kombat” fazer a fama dos atores digitalizados, os games de pancadaria exploravam mecânicas mais simples e temáticas mais “underground”, bem ao estilo dos filmes da época.

Um exemplo disso é “Pit Fighter”, game da Midway que alcançou uma certa popularidade mesmo não sendo um ótimo jogo – em parte pelo uso pioneiro de atores digitalizados, em parte pelo tema que pegava o embalo de “O Grande Dragão Branco” e outros filmes de luta que bombavam naqueles dias. Confira no vídeo.

O jogo chegou aos arcades em 1990 e podia ser jogado por até 3 pessoas ao mesmo tempo. Difícil era encontrar máquinas aqui no Brasil que aceitassem três jogadores! A trama era bem simples: Você escolhia entre Buzz (luta livre), Kato (caratê) e Ty (kickboxing) e entrava num torneio de lutas ilegais, acumulando dinheiro até chegar ao chefão final.

Os inimigos eram clichês do gênero: Um carrasco medieval, uma dominatrix, um pugilista malandro, um veterano de guerra (com um bigodão sinistro)… pontos de criatividade para o grandalhão Chainman, que além de enorme usava trajes mínimos e assustadores. Tinha também Heavy Metal, um “punk metaleiro”, e o chefão Masked Warrior: um cara bem alto e que usava uma máscara. Uau, a gente se contentava com pouco naquele tempo, hein!?

As mecânicas de “Pit Fighter” eram simples e remetiam a “Street Smart”, da SNK: você podia se mover livremente pela arena, socar, chutar e dar voadoras, além de bater no adversário no chão e usar itens como cadeiras, barris, facas e motos (era um torneio ilegal, lembra?)!. A plateia interagia com os lutadores, empurrando, batendo e até esfaqueando quem ficasse muito perto dos cantos.

Na época, Pit Fighter ganhou versões para consoles e para computadores. O jogo do Mega Drive era a melhor adaptação do arcade, já o do Super Nintendo… Sem três dos inimigos e sem interação com a plateia, era a versão mais pobrezinha do fliperama.

“Pit Fighter” quase teve uma sequência com mais 3 lutadores selecionáveis, que acabou cancelada durante o desenvolvimento. Pit Fighter apareceu de novo em uma coletânea da Midway para PlayStation 2, Game Cube e Xbox (Midway Arcade Treasures 2) e na coletânea Midway Arcade Origins, disponível para PS3 e Xbox 360.