Share Button

Além da Capcom ter afirmado durante a TGS 2020 que está tentando trazer Resident Evil Village para PS4 e Xbox One, ela deu mais detalhes a respeito do jogo em si, dizendo que haverá mais foco na exploração em comparação com Resident Evil 7.

Ainda não sabemos exatamente aonde o jogo ocorre, além do fato de que se trata de uma vila na Europa e que é descrita pela Capcom como “o outro protagonista” do game, enfatizando a importância de fazer dela um local que os jogadores pudessem explorar.

“Você tem muito mais liberdade [em Village] do que em Resident Evil 7,” disse o diretor, Morimasa Sato. “Queremos que os jogadores experimentem, para descobrir o que funciona para eles,” descrevendo o jogo como “um filme de terror que você pode jogar”.

Ao falar sobre a escala de Resident Evil Village, o diretor de arte, Tomonori Tanako, disse que colocaram um livro de histórias (presente no último trailer acima) no jogo porque “há tanta variedade dentro do jogo, que seria difícil resumir tudo isso, e os jogadores poderiam ficar confusos”.

Ao ser perguntado para resumir Village, o diretor Sato pensou bastante e disse que é “a história de um homem chamado Ethan…a totalidade de quem ele é”.

Resident Evil Village sairá em 2021 para PC, PS5 e Xbox Series. Sua trama ocorrerá muitos anos após eventos do jogo anterior, com Ethan Winters voltando a ser o protagonista. O personagem ganhou destaque dentro da Capcom durante o desenvolvimento de Resident Evil 7, tanto que à medida que a produção foi avançando, a equipe se perguntava “o que aconteceu com ele” após o final do jogo, o que assegurou o desenvolvimento de mais um título da franquia com ele em mente.

Via IGN