Share Button

O Departamento de Justiça dos Estados Unidos acusou dois adolescentes por crimes cibernéticos relacionados aos ataques no final do ano de 2014 que derrubaram a PSN e Xbox Live, prejudicando a Sony, Microsoft e milhões de pessoas que usam os serviços.

Zachary Buchta, de Fallson, Maryland, e Bradley Jan Willem Van Rooy, de Leiden, na Holanda, ambos com 19 anos e membros do Lizard Squad, um grupo de hackers, foram acusados por conspirarem para danificar computadores protegidos. Eles foram presos em setembro, com Buchta ficando sob custódia em Maryland, enquanto Van Rooy permanece sob custódia na Holanda. O Departamento de Justiça também confiscou quatro nomes de domínio incluindo lizardsquad.org, shenron.lizardsquad.org, poodlecorp.org e stresser.poodlecorp.org.

Caso os dois sejam condenados, poderão pegar até 10 anos de prisão. Maiores informações sobre o caso podem ser lidas no comunicado de imprensa divulgado pelas autoridades norte-americanas.

Via Polygon