Share Button

Encarne Mad Max neste belo jogo interativo para Sega CD 

Lançado no Japão com o nome de “Road Blaster FX” e no resto do mundo como “Road Avenger“, esse era mais um jogo trazido direto dos arcades dos anos 80 para uma das primeiras versões domésticas de jogos interativos, um estilo de jogo que fez muito sucesso no Sega CD. Feito originalmente pela saudosa Data East, a Wolf Team trouxe de volta numa grande conversão que fez muito sucesso em seu lançamento. Esse jogo me trás muitas boas lembranças, como a bela música cantada na abertura, o estilo do jogo à la Mad Max, com os mais variados tipos de carros, bandidos, caminhões e situações inusitadas para uma game de corrida.

Após seu lançamento em 1985 para arcades, o jogo teve versões para MSX, X68000, LaserActive, Saturn, PlayStation, 3DO e mais recentemente foi convertido para celulares, pela empresa Revolutionary Concepts, que detém os direitos dos games da Data East (que faliu em 2003). E pasmen, um fã descobriu um jeito de portar o game para o Super Nintendo, mas isso é outra história, a review abaixo é sobre a versão de Sega CD, a mais famosa e popular entre os gamers.

 

O espírito da vingança

A história é bem simples, você é Shujinkou, um policial que acabou de se casar e está dando uma volta em seu carro com a sua bela noiva, provavelmente indo para a lua-de-mel. Mas infelizmente para o jovem casal, uma gangue de punks conhecida como “Motor Techno Roji” está fazendo a maior bagunça nas ruas da pacífica cidade, destruindo tudo que encontram e apavorando os cidadãos. No meio do caminho o jovem casal acaba indo de encontro com a gangue de arruaceiros, em seus carros e motos envenenadas, e o pior acontece: seu carro é jogado pela gangue num penhasco e acaba explodindo, levando junto sua bela noiva.

Por um milagre do além, você consegue escapar com vida, e tomado pelo ódio e o desejo de vingança, você faz um juramento: Vingar a morte da sua amada. E como pretende fazer isso? Da maneira mais legal, é claro: se trancando dentro de sua oficina com um belo carro e envenenando o bichão da melhor maneira possível e transformando-o em seu instrumento de vingança contra a gangue e poder chegar até a sua líder, que se chama Ona Boss.

Criativo? Com certeza não, totalmente chupadaço do primeiro filme Mad Max, mas não deixa de ser legal, ainda mais quando é você que tem a chance de estar dirigindo esse super carro envenenado para detonar essa gangue de punks e vingar a morte de sua mulher.

confira as cenas ds batidas abaixo


Desenho animado

Muito bem, depois de assistir a bela abertura e já de posse de seu novo carro e depois de colocar sua roupa de couro (como manda todo bom manual do vingador) você sai da sua garagem direto pra ação nas ruas da cidade. Os gráficos do jogo são todos animados e usam bem a baixa palheta de cores do Mega Drive, claro que não é perfeito, há muitas granulações, mas na época do seu lançamento era o máximo, e o pessoal nem ligava para isso, afinal o que contava era a diversão. As animações foram produzidas pelo famoso estúdio japonês Toei Animation, responsável por vários animes de sucesso como Dragon Ball e Cavaleiros do Zodíaco.

É incrível o que você consegue fazer com esse carro, as coisas mais absurdas do mundo acontecem nesse game, se você acha que já viu de tudo em filmes com carros de corrida é porque ainda não jogou esse game (que mané Velozes e Furiosos que nada, Vin Diesel é tanga frouxa perto desse game!). Você vai passar por diversas fases, ruas da cidade com vários outros carros, motos, ônibus, caminhões, pessoas e o que mais você conseguir imaginar.

Vai dar uma volta ainda pela praia, rodovias, montanhas, ferro-velho, parques, esgoto e até numa fazenda. São ao total nove fases de ação sem limites, deve dar mais ou menos uns 30/40 min de animação. Seus inimigos? Serão vários, motoqueiros, motoristas, caminhões e até helicópteros tentarão impedi-lo de alcançar seu objetivo. A última fase será no conturbado centro da cidade, onde você vai tirar um racha final com a gangue e sua líder (a dama de vermelho na imagem acima).

 

Impressione a galera na praia com manobras radicais

Novamente os japas soltaram a criatividade, podem esperar momentos inusitados, alguns são até hilariantes, outros inacreditáveis. Além disso há também as cenas das batidas, que é quando você faz algo errado e perde uma vida. As animações são tão legais que até vale a pena você morrer para poder assisti-las, pois para cada situação a animação muda, e algumas são até bem engraçadas.

 

Desvie dos obstáculos e veja seus perseguidores batendo de encontro a eles

Road Avenger” é mais um jogo da série de jogos interativos lançados pela Wolf Team/Renovation para para o Sega CD. A principal crítica aos jogos interativos eram sobre sua jogabilidade super limitada, era mais uma animação do que um jogo mesmo. Porém, esse estilo fez algum sucesso lá nos anos 90, pois era algo completamente diferente do que os gamers da época estavam acostumados, o que foi possível apenas com a chegada do Sega CD (os CDs podiam guardar muito mais informações para rodar os videos/animações do que os cartuchos), que foi o campeão dos jogos interativos e conquistou muitos fãs por isso. E parece que o estilo está voltando, Heavy Rain para PlayStation 3 que o diga!

 

 

 

Saca só as encrencas que você vai ter que enfrentar

Sinta o motor do bichão

O jogo possui algumas músicas de fundo, mas o que se destaca mesmo são os efeitos sonoros, que estão ótimos! Você pode ouvir o ronco dos motores dos carros, motos, freadas, derrapadas, batidas e tudo mais o que for preciso para colocá-lo dentro do jogo. Se prestar atenção, poderá até ouvir seu carro trocando de marcha, tamanha a perfeição e o cuidado que o pessoal da Wolf Team/Data East/Toei teve ao elaborar o game.

Ainda podemos contar com uma bela música de abertura, totalmente cantada (e exclusiva do Sega CD), com uma letra com o espírito do jogo (poderia até ser tema do Mad Max). No final também temos uma música orquestrada, composta pelo sempre talentoso Motoi Sakuraba.

Confira a abertura do game abaixo:


Ouça um exemplo da música de abertura: Road Avenger Theme

Road Avenger Theme:

I know I’m gonna revive
When I am…on the road.
I’ve got nowhere to hide
When I am…on the road.

And there’s no use in wondering why
It made you feel like running from me then, girl
How many more tears must I shed
Soas to melt the freezing wall of time?

So I’m gonna break it
Have no fear…on the road.
You know I’m sure to make it
No matter what’s…on the road.

And don’t you know it’s very hard
She keeps barking to the silver moon
But I don’t care how long it takes
As long as she lights up my way in the gloom

Until the very moment…when I see you again
I keep steering along the road to the sun
The burning sun

Hear the roars of my car, I’m nearly round the bend
Searching for a love that we did share
There’s no one who can stop me now

Tradução:

Eu sei que eu vou voltar a viver
Quando eu estou… na estrada.
Eu não tenho lugar para me esconder
Quando eu estou… na estrada.

E não há sentido para perguntar o porquê
Faz você se sentir como se estivesse correndo de mim, garota

Quantas lágrimas ainda precisarei derramar?
Para então derreter o muro do tempo congelado?
Então eu irei quebrá-lo

Não tenha medo… na estrada.
Você sabe que eu consigo
Não importa o que aconteça… na estrada.

E você não sabe como é difícil
Ela continua latindo para a lua prateada
Mas eu não me importo quanto tempo leve

Enquanto ela acender meu caminho na escuridão
Até o momento… em que eu possa ver você novamente
Eu continuo dirigindo na estrada em direção ao sol

O sol escaldante
Escute os gritos do meu carro, estou quase completando a curva
Procurando por um amor que nós compartilhamos
Não há ninguém que possa me deter agora.

Dificuldade

Basicamente você precisa ter uma boa memória e decorar os comandos a serem aplicados. Você não tem controle do carro, ele se movimenta sozinho, mas cabe a você desviar ou bater nos inimigos, você ainda pode usar um turbo ou simplesmente frear. Esses comandos irão aparecer no meio da tela e você deve pressionar o botão indicado num determinado tempo (como as cenas QTE dos jogos atuais), senão diga adeus a uma vida. A medida que você for avançando no jogo, mais comandos irão aparecer para você cada vez mais rápidos, principalmente nas últimas fases.

A jogabilidade do jogo consiste em apenas apertar o botão relativo ao turbo e ao freio, e movimentar o carro para esquerda ou direita, então ninguém terá grandes dificuldades para jogá-lo. O problema desse tipo de jogo é que ele não tem uma vida longa, depois de algumas jogadas você vai enjoar dele, mas sempre é bom tê-lo  por perto, pois quando bater as saudades você pode jogá-lo novamente.

Aliás, a última fase é bem empolgante, você está chegando ao esconderijo da líder da gangue e assassina de sua mulher, você está quase chegando lá quando seu carro acaba capotando. Um capanga para perto de você e vocês dois acabam indo pra porrada. Pegando o carro dele você vai de encontro contra o carro da assassina numa última e empolgante sequência.

 

Dê uma voltinha pela fazenda, mas cuidado com as galinhas e as máquinas de plantações

 

 

Muito bem vingador, missão cumprida

“I know I’m gonna revive
When I am…on the road.
I’ve got nowhere to hide
When I am…on the road”