Share Button

Com menos de um mês para a estreia de “Rogue One: Uma História Star Wars“, muitos fãs estão ansiosos para saber como os planos da Estrela da Morte são roubados e quem é a misteriosa protagonista, Jyn Erso (Felicity Jones).

Mas de uma coisa os fãs podem ter certeza: não haverá qualquer Jedi no novo filme, como explicou John Knoll, produtor executivo e supervisor de efeitos visuais de Rogue One, em recente entrevista à Entertainment Weekly.

Como sabemos, Anakin Skywalker se transformou em Darth Vader e massacrou todos os Jedi, com o Império matando o restante – sobrando então apenas Luke Skywalker e Obi Wan Kenobi, que aparecem no Episódio IV.

Isso acontece [a história de Rogue One] em um tempo que é após a purificação Jedi no episódio III e antes de Obi-Wan ressurgir e começar a treinar Luke e antes de Yoda se envolver“, contou. “Então este é um tempo obscuro, quando as coisas são muito sombrias e os Jedi não voltaram“.

Knoll acrescentou: “Naquela época, ainda existem pessoas corajosas que estão fazendo atos heroicos, que não têm esses poderes da Força, que ainda lutam e morrem pela causa do bem. E eu acho que eu quero ouvir algumas dessas histórias“.

Mostrar o que são essas pessoas que são os cidadãos mais comuns da galáxia que veem atos ultrajantes acontecendo e sentem que têm que pegar em armas para lutar para o bem“, explicou.

Um desses “heróis” comuns é justamente o personagem de Donnie Yen, ator e artista marcial, que fez, entre outros filmes, a trilogia “O Grande Mestre” (Ip Man), que conta a história sobre o mestre de Bruce Lee.

O longa será situado entre os eventos das duas trilogias (dos Episódios III e Episódio IV) e contará a história de um grupo de rebeldes em missão para roubar os planos da Estrela da Morte e trazer uma nova esperança para a galáxia.

O elenco tem nomes como Felicity Jones (A Teoria de Tudo), Mads Mikkelsen (Hannibal), Forest Whitaker (O Último Rei da Escócia) e o mexicano Diego Luna (E Sua Mãe Também). Quem dirige é Gareth Edwards (Godzilla).

No universo da saga, “Rogue One” era o código para o líder do esquadrão de caças X-Wing da Aliança Rebelde – Luke Skywalker e Wedge Antilles receberam esse posto nos filmes.

Rogue One: Uma História Star Wars” estreia em 16 de dezembro nos cinemas brasileiros.