Share Button

Sean Bean é conhecido pelas várias mortes que sofreu através de seus personagens em filmes e séries, já sendo atravessado por uma âncora, esfaqueado no pescoço, no estomago, caindo de penhasco, afogado, entre várias outras, que incluem a célebre cena em que é decapitado em “Game of Thrones”.

Em recente entrevista à Entertainment Weekly, o ator revelou qual foi a cena de morte mais marcante em sua carreira, e quem levou o prêmio foi o Boromir no filme “O Senhor dos Anéis: A Sociedade do Anel”, quando é atingido pelo líder dos Uruk-Hai para salvar os hobbits Merry e Pippin dos Orcs que os perseguiam.

É a minha cena de morte favorita, e eu já fiz algumas. Não poderia pedir por um morte mais heroica“, respondeu.

Inicialmente planejada para ser filmada com flechas feitas em CG, o diretor Peter Jackson decidiu de última hora seguir pelo estilo clássico: grudando as flechas em um peito de metal que estaria por baixo das roupas do ator.

Bean também revelou que a icônica fala de despedida de seu personagem a Aragorn, “Eu o teria seguido, meu irmão… meu capitão… meu rei”, surgiu durante um encontro entre ele, Viggo Mortensen, Jackson e a co-roteirista Fran Walsh uma dia antes da filmagens, em meio a algumas cervejas e taças de vinho.

O ator ainda deu algumas dicas para a arte de morrer em frente às telas:

Você não deve se exibir, não deve ser vaidoso ou cheio de pose…porque toda vez que você morre, é um puta momento“.

Confira abaixo um vídeo com as várias mortes do ator (incluindo a do Boromir):