Share Button

Lançado no ano de 2001 para o Dreamcast, ano final oficial de vida útil do console, Sega Sports Tennis 2K2 não somente é um dos melhores games do console, é também facilmente um dos melhores games de tênis e um dos mais divertidos jogos de esportes que já viram a luz do dia até hoje.

Sequência do bom Virtua Tennis, Sega Sports Tennis 2K2 basicamente pegou tudo o que de interessante e inovador seu antecessor possuía e melhorou. Além disso, incorporou tenistas femininas em seu hall de atletas, elemento que foi muito bem recebido e estrategicamente utilizado no merchandising do game.

Dentre os tenistas a serem selecionados, oito homens e oito mulheres, destaque para as irmãs Venus e Serena Williams que eram as tenistas mais visadas no período do lançamento do jogo. Todas as opções de escolha se referem a esportistas reais e atuantes no esporte na época.

Cada tenista possui seu estilo de jogo próprio. Suas forças e fraquezas em quadra refletem suas contrapartes reais. Cabe ao gamer escolher o estilo em que se sinta mais confortável e selecionar a melhor opção para si.

dreamcast-tennis-2k2_apr21-13_27_49

Em Sega Sports Tennis 2K2 não há uma opção óbvia acerca do melhor tenista a se selecionar para obter a vitória. O jogo é muito equilibrado nesse sentido e nada além da própria habilidade do jogador com o controle na mão definirá o resultado da partida.

O gameplay, que já era o grande ponto forte de Virtua Tennis, ficou ainda melhor. Os controles continuam tão responsivos quanto antes, mas agora a partida flui melhor e com maior agilidade. Isso ocorre especialmente devido a melhores e mais fluentes animações dos tenistas em quadra.

Apesar de ser um game assumidamente arcade, Sega Sports Tennis 2K2 demanda técnica e finesse para ser masterizado.

É possível rebater a bola em velocidades diferentes, em alturas diferentes, com efeitos diferenciados, entre outros. Fazer com que o oponente faça o jogo que você quer que ele faça para finalizar a disputa com uma calculada jogada impossível de ser impedida é o verdadeiro “xadrez” de Sega Sports Tennis 2K2.

O saque também é determinante. É possível realiza-lo não somente em velocidades e posições diferentes, mas também com efeito. Isso aumenta o hall de possibilidades com as quais o seu adversário deve lidar ao receber um saque. Sacar bem em Sega Sports Tennis 2K2 é primordial.

Cada tipo de terreno em que a quadra é construída interfere ativamente na partida. Assim sendo, um tenista que reage muito bem em uma quadra de piso sintético pode não ser tão efetivo em uma quadra de terra ou de grama.

27542-ingame-virtua-tennis-2

Como todo bom jogo de esporte arcade, os tenistas não se cansam ao longo da partida e isso faz dela sempre veloz e dinâmica.

O visual do game é incrível. A construção dos personagens é muito melhor do que o seu antecessor, bem como a vivacidade das cores e variedade dos cenários. Detalhe para o fps do game: cravados 60 frames por segundo!

A animação das movimentações dos tenistas em quadra é magnífica, mesmo que sem uma grande variação. Destaque negativo com relação à essa baixa variação fica nítido no momento de comemoração da conquista de um ponto suado ou mesmo de uma vitória. Independente do tenista escolhido, elas sempre serão as mesmas.

A trilha sonora é energética e está presente ao longo das partidas. Apesar de ser um jogo de tênis e se esperar absoluto silêncio ao longo de uma partida, Sega Sports Tennis 2K2 não foge à regra de ser um game arcade e incentiva agressividade, tensão e velocidade ao longo da jogatina. Não há melhor instrumento para isso do que uma música devida.

Os efeitos sonoros são surpreendentemente muito bons. O som da raquete batendo na bola é, por algum motivo, absolutamente hipnótico.

Quanto aos modos de jogo, estão de volta os modos de exibição, torneio simples e multiplayer local, já presentes em Virtua Tennis. Felizmente volta também o modo World Circuit, rebatizado aqui de World Tour.

tennis-2k2-3

O World Tour é uma espécie de “tabuleiro de RPG eletrônico interativo de Tênis”. Nele o jogador deverá criar um tenista masculino e um feminino, participar de seções de treinamentos temáticos a fim de maximizar os status dos mesmos e participar de torneios.

O sistema de criação apesar de simples, é funcional e permite personalizar ambos os tenistas de maneira bem única. É possível editar as criações, trocando peças de roupas e acessórios que podem ser comprados nesse modo. Para a compra é necessário participar de torneios e ganhar dinheiro.

Nada de DLCs aqui pessoal. Essa prática fica só para a próxima geração mercenária de consoles.

Os torneios possuem cada qual suas regras. Torneios em dupla, simples (masculino ou feminino) e que demandem de seu ranking como jogador. Esse ranking sobe a medida em que torneios são ganhos.

O grande charme do World Tour por certo são as seções de treinamento, que são absolutamente inventivas e lúdicas, fugindo totalmente da realidade.

Derrubar robôs atiradores de bolinhas de tênis do outro lado da quadra, acertar a bolinha em determinados locais na quadra, acertar itens em uma esteira rolante com seu saque para somar uma quantidade mínimas de pontos, uma espécie de “tênis boliche”, entre outros. Tudo muito exagerado e divertido, mas não necessariamente fácil. Alguns desses treinamentos podem exigir bastante do gamer em níveis mais difíceis.

481968-t2k2_2

Como Sega Sports Tennis 2K2 não possui modo online, seria muito importante que o game possuísse modos single-player que fossem interessantes e que mantivessem o jogador investido no jogo o maior tempo possível. Felizmente o World Tour atende essa necessidade em cheio e é com certeza o melhor modo de jogo disponível.

O multiplayer offline permite até quatro jogadores simultâneos, o que é diversão mais do que certa para com os amigos em casa.

A única mazela que encontrei em Sega Sports Tennis 2K2 é o fato de não ser possível jogar uma partida com mais de um “set”. Por default uma partida possui somente dois “games”, podendo ser estendido para os regulares seis.

Possivelmente isso faz parte do pacote arcade do game e que uma partida com mais de um “set” poderia se tornar maçante. Eu compreendo isso, mas seria muito simples que a opção para tal existisse ali.

O game foi lançado para Dreamcast e posteriormente recebeu uma versão para o Playstation 2. Dentre as duas, se possível dê preferência para a versão do console da Sega. No Playstation 2 rolam eventuais probleminhas de framerate e o aliasing (serrilhado) é gritante.