GamesNotícias

Sony diz que não está disputando com a Microsoft para ver quem compra mais estúdios

Hermen Hulst, chefe do PlayStation Studios, rechaçou a ideia de que a Sony está numa disputa com a Microsoft com relação a aquisição de estúdios, após ser indagado a respeito pela revista British GQ.

“Somos muito seletivos quanto aos desenvolvedores que trazemos,” disse Hulst. “Nossa última nova aquisição foi a Insomniac (por quase US$ 230 milhões em 2019), que funcionou muito bem. Estou sempre à procura de pessoas que tenham valores semelhantes, ambições criativas semelhantes e que trabalhem muito bem com a nossa equipe para que possamos investir e ajudá-los a crescer. Não é como se estivéssemos fazendo aquisições aleatórias.”

“São aquisições muito, muito direcionadas de equipes que conhecemos bem,” acrescentou. Falando da compra da Housemarque, anunciada hoje, Hulst disse: “A quantidade de colaboração entre o nosso grupo de desenvolvimento externo e a Housemarque no lado técnico, no lado da gestão da produção e até no lado criativo tem sido muito profunda. Então, para nós, faz muito sentido fazer isso.”

Olhando a Microsoft, ela fez várias compras de estúdios nos últimos anos, com a mais significativa delas sendo a da Bethesda, por US$ 7,5 bilhões, que garantiu a ela os estúdios Bethesda Game Works, Arkane Studios, id Software, Machine Games e Tango Gameworks, e a exclusividade dos próximos jogos desenvolvidos por todos eles.

Além da compra da Housemarque por parte da Sony, aparentemente ela também comprou a Bluepoint Games, de acordo com uma postagem feita acidentalmente pela empresa no Twitter.

Via IGN

Artigos relacionados