Share Button

É oficial: a produção do console portátil da Sony, o PlayStation Vita, foi encerrada. Lançado com grande expectativa em 2011, o Vita nunca conseguiu cumprir os objetivos comerciais da sua fabricante – que foi capturada em um espiral de ascensão dos modernos Smartphones.

O pequeno e poderoso aparelho vendeu apenas 16.1 milhões durante o seu tempo de vida. Um número irrisório se comparado com seu irmão mais velho, o bem-sucedido PSP – e nem é possível comparar com os portáteis da Nintendo, como o 3DS e o DS.

Nos últimos anos, os mais atentos já imaginavam um fim parecido para o aparelho. Completamente ignorado pela Sony há muito tempo, o console era “alimentado” com jogos indie. A gigante japonesa não planeja lançar um sucessor para o seu descontinuado aparato tecnológico.

Até o fim do ano fiscal de 2018, data prevista para o dia 31 de março de 2019, os games físicos para o Vita não serão mais fabricados.