Share Button

Divulgação

A Sony, Microsoft e Nintendo vão implementar uma nova política que vai exigir que os desenvolvedores divulguem as taxas de drop de suas loot boxes em jogos de seus sistemas.

Michael Warnecke, o diretor-chefe de política de tecnologia da Entertainment Software Association (ESA), anunciou a notícia nesta manhã no workshop sobre loot boxes organizado pelo governo dos Estados Unidos.

Tenho o prazer de anunciar esta manhã que a Microsoft, Nintendo e Sony indicaram à ESA um compromisso com as novas políticas de plataforma no que diz respeito ao uso de loot boxes pagas em jogos que são desenvolvidos para as suas plataformas“, disse Warnecke.

Segundo executivo, a regra será aplicada a novos jogos e atualizações que utilizem o loot boxes, exigindo assim a divulgação da relativa raridade ou probabilidades de obter itens virtuais aleatórios.

Desse modo, ficará mais claro as chances que os jogadores que quiserem gastar dinheiro têm para obter itens mais raros.

Além das três gigantes, outras publishers já se comprometeram a seguir o novo modelo como a Activision Blizzard, Bandai Namco, Bethesda, Bungie, Electronic Arts, Take-Two Interactive, Ubisoft, Warner Bros Interactive Entertainment e Wizards of the Coast.